Período Composto por Subordinação: Orações Reduzidas; Conjunções


Período Composto por Subordinação

O período composto por subordinação é aquele com duas orações, em que uma delas, a oração subordinada, complementa a oração principal.

A oração subordinada não tem autonomia com relação à oração principal, ao contrário do que ocorre no período composto por coordenação.

Exemplo de período composto por coordenação:

– Chovia muito naquela tarde, o céu compunha uma imagem tristonha.

Exemplo de período composto por subordinação:

– Subi aquela ladeira, que era íngreme e irregular.

No primeiro exemplo, as duas orações compõem um sentido próprio, formando um período composto por coordenação.

No segundo exemplo, a segunda oração “que era íngreme e irregular”, se refere à primeira, interferindo em sua estrutura sintática, formando um período composto por subordinação.

Orações reduzidas

As orações reduzidas são aquelas em que o verbo se apresenta numa das formas nominais, podendo ser no infinitivo pessoal, gerúndio ou particípio.

Nas orações reduzidas subordinadas, a ligação com a oração principal dispensa conectivos, formando uma versão simplificada.

Exemplo:

Infinitivo

– Estou convicto de que todos virão

Oração reduzida: “A minha convicção é todos virem”.

Gerúndio

– Iremos ao mercado quando vier a tarde

Oração reduzida: “Entardecendo, iremos ao mercado.”

Particípio

– Irei embora quando esse jogo terminar

Oração reduzida: Terminado esse jogo, irei embora

Conjunção subordinativa

A conjunção é um elemento de ligação entre dois termos de uma oração ou entre duas orações, estabelecendo relação de coordenação ou subordinação.

No período composto por coordenação ou subordinação a conjunção subordinativa é aquela que faz a ligação entre as duas orações. Quando o período é composto por subordinação, a conjunção liga a oração subordinada à oração principal.

São exemplos de conjunção: que, se, entretanto, não obstante, ou, porém, nem, também, pois, portanto, por isso, porque, pois, já que, como, etc.

No período composto por subordinação, a conjunção subordina sintaticamente a oração subordinada à oração principal, tornando-a um complemento.