Uso de letras maiúsculas e minúsculas


Uso de letras maiúsculas e minúsculas

Que toda frase se inicia com uma letra maiúscula ninguém tem dúvida, mas as regras para uso de maiúsculas e minúsculas muitas vezes acabam desafiando as pessoas na hora de escrever.

Maiúscula ou minúscula? São tantas as situações, muitas vezes com a mesma palavra numa mesma situação, mas escrita de forma diferente – ora iniciando com letra maiúscula, ora não – que o único jeito é fazer uma revisão nas regras para não correr o risco de escrever errado.

uso-de-letras-maiusculas-e-minusculas

Relembraremos, então, as principais situações em que as letras maiúsculas são utilizadas, já contemplando as mudanças propostas e implementadas pelo Novo Acordo Ortográfico.

Boa leitura!

Onde usar letras maiúsculas

– As letras maiúsculas são obrigatórias no começo das frases.

Exemplos:

Partiram rumo ao desfiladeiro para tentar realizar o resgate.

O preço dos cereais subiu mais uma vez.

– São usadas maiúsculas para iniciar substantivos próprios, independente de estarem ou não no início da oração. Esses substantivos designam o nome de pessoas, clubes, personagens, agremiações, marcas e empresas

Exemplos: Nike, Roberto, Fernanda, Clube Atlético Mineiro, Renner, Natura, Paco Rabane, Cantão, Calvin Klein, Superman, Portela, Batman, Walmart, Casas Bahia.

A encomenda foi entregue a Marcelo, que desapareceu ruela a dentro.

O vestido que Beatriz usou na recepção era simples, comportado e elegante.

Assistirei ao novo filme do Batman.

A Mangueira tem o melhor samba do carnaval dese ano.

O Eternity, da Calvin Klein, é o meu perfume preferido.

– Em nomes de países, cidades e continentes, sejam reais ou imaginários

Exemplos: Brasil, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Salvador, Londres, América do Sul, Oceania, Atlântida, Pasárgada, Krypton.

– Em nomes de entidades e instituições

Exemplos: Partido Social Democrata, Organização das Nações Unidas, Ministério da Saúde, Hospital do Câncer, Secretaria do Planejamento, Casa Civil, Supremo Tribunal Federal, Ministério Público.

– Em títulos de periódicos

Exemplos: Correio Brasiliense, Jornal do Brasil, O Dia, Folha de São Paulo, Placar, Diário de Pernambuco.

– Em nomes de festas e festividades

Exemplos: Natal, Ano Novo, Carnaval, Páscoa, Dia dos Namorados, Dia das Mães, Proclamação da República, Dia do Índio.

– Em nomes de pontos cardiais ou equivalentes, quando usados para designar uma região

Exemplo: Sul, Sudeste, Norte, Nordeste, Leste, Oeste, Ocidente, Oriente.

Viajarei para o Sul no próximo verão.

O Ocidente se voltou contra os princípios cristãos.

– Em siglas, símbolos e abreviaturas (podendo ser totalmente com maiúsculas ou somente iniciadas com uma)

Exemplos: BRICS, Unesco, CO2, ONU, OEA, K (potássio), INSS.

– Nomes de rios, mares e acidentes geográficos

Exemplos: Mediterrâneo, São Francisco, Estreito de Gibraltar, Golfo do México, Cordilheiras dos Andes, Fernando de Noronha.

– Nomes de planetas, estrelas, sistemas

Exemplos: Terra, Marte, Plutão, Sistema Solar, Lua, Via Láctea, Saturno.

Uso facultativo de maiúsculas e uso de minúsculas

Há algumas situações em que o uso de letra maiúscula iniciando uma palavra é facultativo.

O uso é facultativo quando:

– A palavra que designa a natureza do substantivo próprio o antecede

Exemplos em que ambos os casos estão corretos:

Rio Amazonas – rio Amazonas / Igreja da Penha – igreja da Penha / Basílica de São Pedro – basílica de São Pedro / Avenida Atlântica – avenida Atlântica / Edifício Belmonte – edifício Belmonte / Mar Adriático – mar Adriático.

– O título de um livro for composto por mais de um substantivo:

Exemplos (ambos os casos estão certos): O Velho e o Mar – O velho e o mar / Crime e Castigo – Crime e castigo / A Divina Comédia – A divina comédia.

– As palavras se referem a áreas do saber: ciências, disciplinas

Exemplos (ambos estão certos): História ou história, Economia ou economia, Marketing ou marketing, Filosofia ou filosofia, Geografia ou geografia, Medicina ou medicina.

– Os versos de um poema não iniciam um novo período

De tudo, ao meu amor serei atento antes / E com tal zelo, e sempre, e tanto / Que mesmo em face do maior encanto / Dele se encante mais meu pensamento (Soneto de Fidelidade – Vinicius de Moraes)

Ou…

De tudo, ao meu amor serei atento antes / e com tal zelo, e sempre, e tanto / que mesmo em face do maior encanto / dele se encante mais meu pensamento

Uma situação que causa muitas dúvidas na hora de escrever é quanto a usar ou não letra maiúscula após as reticências.

A regra para esses casos é simples. Inicia-se por letra maiúscula caso o pensamento tenha sido concluído na frase anterior. Caso a frase seguinte conclua a ideia da anterior, deve ser reiniciada com letra minúscula.

Exemplos:

A gente trabalha, come, dorme, levanta, trabalha… A verdade é que estamos nos tornando verdadeiros robôs.

A lista é longa: incluindo cortes no orçamento, revisão de processos, auditoria… Precisamos tomar todas as providências para sanear a companhia.

Ele sorriu… em seguida fez cara de quem estava satisfeito… muito satisfeito. Então, pegou no sono.

– Então… como eu estava dizendo… na verdade é uma questão de… enfim… dou a reunião por encerrada – concluiu, fazendo com que todos fossem às gargalhadas.

Há, enfim, algumas situações que confundem as pessoas e as induzem a erros.

O caso mais clássico é o das palavras que indicam dias da semana, meses e estações do ano. Essas palavras são escritas com letra minúscula.

Exemplo: Era uma noite de verão, em pleno mês de dezembro, últimas horas de um domingo que jamais seria esquecido.