Ácidos: Conceito de Arrhenius


Conceito de Arrhenius

Os ácidos são substâncias de amplo uso industrial. Mas eles não estão presentes apenas em fórmulas de produtos químicos perigosos. Alguns tipos de ácidos são utilizados na formulação de alimentos, bebidas, cosméticos e produtos de higiene. São tão importantes para o setor industrial que um dos indicadores usados para medir o desempenho da economia do país é a quantidade de ácido sulfúrico (H₂SO₄) produzida anualmente. O ácido sulfúrico é usado, em larga escala, por exemplo, na fabricação de fertilizantes, baterias de veículos, tintas, corantes, tintas, explosivos e em refinarias de petróleo.

Ácidos: conceito de Arrhenius

Ácidos, na definição de Svante Arrhenius, cientista sueco, são substâncias que liberam íons positivos de hidrogênio (H⁺), quando são misturadas à soluções que contêm água. Os ácidos diferem das chamadas bases, as quais liberam os íons negativos ou hidroxilas (OH). O conceito de ácidos apresentado por Arrhenius foi atualizado, posteriormente, para substâncias que liberam íons de hidroxônio ou hidrônio (H₃O⁺) quando misturadas à água.

Exemplo: Ácido clorídrico (CHl) é uma substância que se forma a partir da diluição do cloreto de hidrogênio (gás) em uma solução aquosa. Nesta mistura, o cloreto de hidrogênio libera os íons positivos de hidrogênio.

Teoria de Arrhenius: dissociação iônica

O cientista apresentou uma teoria sobre a dissociação de eletrólitos. De acordo com Arrhenius, ao dissolver uma substância em solução aquosa, a mesma se divide até restarem apenas moléculas. Esse tipo de solução não conduz eletricidade.

Em outros tipos de soluções a divisão de substâncias, dissolvidas em água, ultrapassa o limite das moléculas. Ocorre a liberação de íons, tornando a solução condutora de eletricidade.

Os ácidos podem ser orgânicos e inorgânicos:

1. Ácidos orgânicos possem possuem uma ligação dupla de átomos de carbono e oxigênio e uma ligação simples à hidroxila. Exemplos: ácido acético (vinagre), ácido cítrico (laranja, limão e acerola) e ácido fosfórico (usado na fabricação de refrigerante).

2. Ácidos inorgânicos são separados em dois grupos: hidrácidos e oxiácidos. Os hidrácidos não possuem oxigênio em sua composição, ao contrário dos oxiácidos, os quais possuem átomos de oxigênio em sua estrutura. Exemplos: ácido clorídrico e ácido sulfúrico.