Número de Octanagem de combustíveis


O octano é definido como um produto químico no petróleo que é utilizado com o objetivo de mensurar a qualidade dos distintos tipos de gasolina.
O octano é normalmente adicionado à gasolina com o intuito de impedir a queima de forma irregular nos motores que apresentam combustão interna.numero-de-octanagem-de-combustiveis

Já a octanagem, que também pode ser chamada de Índice de Octano, corresponde a quantidade percentual de heptano e isotano que estão presentes no combustível. Lembrando que:

– Heptano: (C7 H16)

– Isotano: (C8 H18)

O Índice de Octano pode então ser definido como o índice de resistência à detonação que o combustível apresenta. Sendo assim, é possível aferir que quanto mais alto for o índice de Octanagem, mais elevada é a resistência do combustível à detonação.

Vale salientar que aqui o conceito de detonação, ou seja, a detonância da gasolina, é um processo que ocorre nos cilindros que estão presentes em motores que possuem combustão do tipo interna. É possível afirmar que a detonância é como a combustão que acontece prematuramente no instante em que o pistão recebe a compressão. Levando em consideração que uma combustão de qualidade garantida acontece diante do aparecimento gradativo da chama por meio da câmara de combustão, esse processo ocorre então à medida que acontece a queima do combustível.

A classificação dos combustíveis é realizada conforme o seu número de octanagem, que são encontrados por meio de curvas de analíticas. A octanagem de combustíveis como a gasolina tem a intenção de mensurar a detonação da mistura de gasolina mais o ar, que acontece no interior do motor.

A detonação da gasolina

Conforme os resultados de pesquisas e estudos, foi possível estipular uma escala para mensurar a tendência à detonação de um combustível. De acordo com os parâmetros dessa escala, o isotano conta com o Índice 100. Lembrando que o isotano detona apenas diante de compressões consideradas altas.

Já ao heptano, que detona diante de compreensão considerada baixa, foi concluído que o índice dele equivale a zero. Por isso, uma gasolina que conta com Índice de Octano 80, conta então com as características iguais de detonação que uma mistura de 80% de isotano e 20% de heptano possuem.

Além disso, é importante salientar que para efetuar a regulagem da octanagem dos combustíveis, é possível promover o uso de alguns aditivos. São eles:

– Tetraetilchumbo: Também conhecido como chumbo tetraetila Pb(C2H5)4, esse aditivo possibilita que a octanagem da gasolina adquira um valor elevado, visto que ele denota uma considerável resistência à pressão.

– Tetrametilchumbo: Possui propriedades antidetonantes de grande eficácia e também conta com boa resistência à pressão.

É válido destacar que o índice de Octano não possui relação com a qualidade apresentada pelo combustível. No entanto, motores que contam com uma potência mais elevada necessitam de compressões mais intensas e, por causa dessa característica, combustíveis que denotam uma maior resistência ao processo de ignição espontânea.

Métodos para estipular o Índice de Octanagem

A gasolina é um combustível constituído por uma mistura de hidrocarbonetos. Nesta mistura, grande parte dos hidrocarbonetos envolvidos são alcanos que denotam cadeias que contam com 4 a 16 átomos de carbono em sua molécula.

É possível obter a medida de octanagem por meio de métodos três distintos. São eles:

– Método MON: Também conhecido como Método Motor – ASTM D2700, ele tem por objetivo efetuar uma análise da resistência que a gasolina apresenta diante da detonação enquanto o motor está a funcionar em alta rotação.
O MON são as iniciais para o termo Motor Octane Number.

– Método RON: Também chamado de Método de Pesquisa – ASTM D2699, esse método tem por intuito medir a resistência que a gasolina apresenta diante da detonação enquanto o motor está a funcionar em baixa rotação, ou seja, até 3000 Rotações Por Minuto.
O RON corresponde as iniciais para o termo Research Octane Number.

– Método IAD: O IAD corresponde as iniciais para o termo índice Anti Detonante. Esse método é uma média aritmética que existe entre os dois métodos anteriores, com o intuito de que seja efetuada a octanagem do combustível avaliado.

Caso os resultados que foram obtidos por tais métodos comprovem que o índice de detonação do combustível está em um nível elevado, é bem possível estejam presentes hidrocarbonetos de grandes cadeias, mediante tal situação são realizadas as medidas necessárias com o objetivo de assegurar a qualidade e impedir que o combustível possa acarretar prejuízos aos veículos.

Nesse contexto, as medidas adotadas são:

– Isomerização: Corresponde a um processo que diminui o tamanho das cadeias por meio de pequenas ramificações.

– Aromatização: Corresponde a um processo que visa efetuar a conversão de um alcano de cadeia longa a um areno por meio de catalisadores de reação.

Hoje em dia o índice de octanagem da gasolina considerada de qualidade satisfatória reside entre 95 a 96 octanas.