Óleo reciclável


É comum que muitas donas de casa ao usarem o óleo acabem jogando o resto na pia o que acaba caindo direto na rede de esgoto. Não só as donas de casa como em vários lugares também fazem isso sem saber que essa atividade pode ocasionar muitos prejuízos ao meio ambiente. Não importa onde o óleo vai parar, depois de jogado pode deteriorar o solo, o ar, a água e até o modo de vida de alguns animais. Neste texto, vamos dar algumas soluções para esse tipo de problema, mostrando que o óleo de cozinha usado é um óleo reciclável.

Quando o óleo fica preso no encanamento acaba acumulando e causando entupimento nas tubulações. Para retirar o óleo dessa região é preciso aplicar alguns produtos químicos, se caso o local jogado não for tratado o óleo acaba por esparramar se na extensão dos rios e represas causando uma contaminação na água e matando diversos animas que vivem nos rios.

Óleo

Pesquisas sobre o assunto dizem que um litro de óleo é capaz de contaminar um milhão de litros de água. Se o óleo cair no solo, o líquido pode causar impermeabilização e acabar sendo um fator favorável para enchentes e alagamentos. O óleo, quando entra em processo de decomposição, libera metano que tem um péssimo cheiro e influencia no efeito estufa.

Para impedir que o óleo de cozinha acabe indo para a rede de esgoto, foram criados alguns métodos para torná-lo um óleo reciclável. As formas possíveis para utilizar o óleo reciclável são várias como: produção de glicerina, resina para tintas, detergente, sabão, ração para animais, e até biodiesel.

O biodiesel, por exemplo, é um combustível que é bastante usado em todo mundo. Em nosso país, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) juntamente com a Bayer forneceu um prêmio para a pesquisa da Universidade de São Paulo sobre a produção de biocombustível usando óleo de cozinha.

O projeto ficou conhecido como Biodiesel na escola e em casa, e tem a participação de várias unidades como escolas bem como empresas que ajudam a coletar o óleo de cozinha para que este vire o combustível.

Existem outras soluções que podem ser usadas para impedir que o óleo não seja jogado nas redes de esgoto. Na Espanha, há um produto que solidifica o óleo para facilitar o seu deposito, coleta e a reciclagem. O produto se chama Frito Limpio e funciona da seguinte forma: ele deve ser jogado no óleo quente e depois de algum tempo o óleo fica sólido.

As transformações do óleo

Existem alguns processos que o óleo de cozinha precisa passar para se transformar em biodiesel, além disso, o óleo de cozinha também pode virar sabão. Veja como:

• Biodiesel: Primeiramente o óleo passa por uma espécie de filtragem que tira todo os resíduos que ficam no óleo por causa da fritura. Após esse processo é retirado toda a água que está no produto. Dependendo do óleo pode ser que ele tenha que passar por uma purificação química para remover os últimos resíduos. Neste óleo limpo, é colocado álcool e uma substância catalisadora. Toda essa mistura é colocada em um reator que agita a combinação em determinada temperatura transformando-o em biocombustível. O biocombustível passa por um refino e já pode ser usado.

• Sabão: Para transformar o óleo de cozinha em sabão, são necessários alguns materiais como: cinco litros de óleo usado, dois litros de água, 200 mililitros de amaciante, um quilo de soda cáustica em escama. Primeiramente, deve-se colocar a soda no fundo de um balde, depois ferva água e jogue a para que ela dilua a soda, vá adicionando o óleo e mexa. Agora adicione o amaciante e continue mexendo. Após misturar bem, jogue tudo em uma forma e espere secar. Pronto, o sabão está feito. É importante ter muito cuidado com a manutenção da soda cáustica, pois ela pode causar queimaduras na pele. Use luvas e utensílios feitos de madeira ou plástico.

Postos de coleta

Para muitos, não há como adquirir a solução criada na Espanha. O mais aconselhável é armazenar o óleo de cozinha em garrafas PET e entregar em algum posto de coleta. Seguem alguns postos que recebem óleo usado.

No estado de São Paulo houveram algumas campanhas realizadas nos parques municipais para a coleta óleo usado, porém, existem alguns lugares na Grande São Paulo como ONG Trevo, a Biobrás, Instituto Triangulo e a Redes de Hipermercado Pão de Açúcar que recebem o óleo usado.

No Rio de Janeiro, o óleo armazenado pode ser levado para um dos postos do programa de Reaproveitamento de Óleos Vegetais conhecido como Prove, uma união entre empresas, a Refinaria Manguinhos e o governo do estado. Você pode obter mais informações através do site www.diqueoleo.com.br.

Procure incentivar seus amigos e vizinhos ou pessoas que convivem com você a fazer o descarte responsável do óleo usado. O óleo reciclável, além de ajudar o meio ambiente é um produto que pode ser utilizado de várias maneiras, por isso, dar um fim adequado é uma ação muito importante.