Óxidos duplos ou mistos


Os óxidos são classificados, no geral, em óxidos ácidos, óxidos básicos, óxidos neutros, óxidos anfóteros e óxidos duplos. Nesse artigo vamos conhecer melhor sobre os óxidos duplos. Eles também podem chamados de óxidos mistos ou salinos. Mas antes disso é construtivo ter um panorama geral sobre os óxidos.

Óxidos duplos ou mistos

Formados pela combinação de dois elementos, os óxidos são compostos binários. Um deles, obrigatoriamente, é o oxigênio, pois é o mais eletronegativo. Eles podem ser formados por praticamente todos os elementos, desde que reajam com o oxigênio. Apenas o F2 e O2F2 não são óxidos. Isso ocorre, pois o flúor existente na fórmula é mais eletronegativo do que o átomo de oxigênio.

  • Óxidos ácidos: são formados a partir da reação de água criando ácidos e também nomeado anidridos. O ácido sulfúrico, formado com trióxido de enxofre e água.
  • Óxidos básicos são formados a partir da reação entre bases formando sal e água. O hidróxido de cálcio vem da reação de óxido de cálcio com água.
  • Óxidos neutros: são covalentes e não reagem com água, base ou ácido – são formados por ametais.
  • Óxidos anfóteros: esses elementos são óxidos básicos quando há apresentação de ácidos e óxidos ácidos na presença de bases.

Peróxidos: são óxidos que tem dois oxigênios ligados entre si.

Óxido é duplo

Para saber se um óxido é duplo é bastante fácil, pois eles são os únicos óxidos que possuem uma fórmula geral. Nela existem três átomos de um metal e quatro átomos de oxigênio: M2O4.

M: é o elemento metálico genérico.

O: corresponde ao oxigênio que é o elemento mais eletronegativo da substância.

O M é sempre um metal que apresenta a capacidade de criar dois ou mais cátions. Isso ocorre no Chumbo (Pb) que pode formar os seguintes cátions: (Pb2+) ou (Pb4+). O Ferro (Fe) pode formar os cátions: (Fe2+) ou (Fe3+). Já o manganês (Mn) pode dar origem aos cátions: (Mn2+) ou (Mn3+).

O nome dado aos óxidos duplos ou mistos é porque são óxidos que possuem duas características específicas: formam sais inorgânicos e são formados por dois óxidos diferentes do mesmo elemento.

Os óxidos duplos são formados por dois diferentes óxidos, já que é essa a quantidade necessária para formá-lo. Alguns formam mais de um cátion, dando origem a mais de um óxido diferente. É o caso do ferro:

FeO e o Fe2O3
O FeO tem um cátion Ferro 2+ e o Fe2O3 tem o cátion de ferro 3+. A carga de O é sempre -2 em ambos os óxidos, logo o Fe e o O tem o mesmo valor de carga (-2 e -2). No caso do Fe2O3, ambos os elementos da fórmula tem números de cargas diferentes, no caso +3 e -2. Dessa maneira as cargas são invertidas, tornando-se quantidade de átomos.

Logo basta apenas somar as duas fórmulas obtidas para formação de e um óxido duplo de ferro: FeO + Fe2O3 = Fe3O4.

Sobre o fato de formar sais inorgânicos, óxidos duplos formam sais apenas quando reagem com ácidos ou com bases. Quando há a reação do óxido com ácido ou com base, formam-se dois sais bem como a molécula de água como produto. Os óxidos duplos formarão dois sais, afinal tem dois cátions reativos.

Nomeação de óxidos duplos

Para nomear um óxido é seguida a seguinte regra: tetraóxido + de+ nome do elemento + tri = nome do elemento ligado ao oxigênio.

  • Pb3O4 = Tetraóxido de trichumbo
  • Fe3O4 = Tetraóxido de triferro
  • Mn3O4 = Tetraóxido de trimanganês

Exemplos de usos dos óxidos

Desse modo temos como exemplo de óxidos duplos ou mistos são o tetróxido de chumbo, conhecido popularmente por zarcão. O elemento é muito utilizado em revestimentos de peças de ferro a fim de proteger da formação de ferrugem. É um óxido duplo, pois tem o comportamento como se fosse formado pelos óxidos PbO2 e PbO.

Usos comuns dos óxidos

  • Óxido nitroso: é usado como anestésico, ou gás hilariante. Inalado ele provoca euforia e sérios problemas de saúde.
  • Óxido de cálcio: usado na agricultura para reduzir a acidez do solo. Também é utilizado para fazer argamassa na construção civil.
  • Óxido de enxofre: usado para branqueamento de óleos alimentícios. É um poluente da atmosfera, em dias úmidos o vapor d’água da atmosfera gerando a chuva ácida.
  • Peróxido de hidrogênio: é a água oxigenada, usada como antisséptico e para descoloração de pelos e cabelos. Pode ser usado na indústria para clarear tecidos.
  • Monóxido de carbono: usado em metalúrgicas do aço. É o poluente mais comum das zonas urbanas.

Os óxidos são muito colocados em exercícios e questões de vestibulares, independente do tipo de óxido. São cobradas as fórmulas, as aplicações e exemplos. É interessante saber quais são os principais óxidos, classificações e compostos mais utilizados. Outra parte importante é a nomenclatura. Basta decorar a fórmula principal, para saber montar qualquer nome de óxido.