Reação Reversível


É possível caracterizar a reação reversível como uma reação química que pode ocorrer a partir da presença de reagentes ou produtos. Essa reação permite que o processo de reversibilidade ocorra em ambas as direções, seja no sentido direto (representado pela seta voltada para a direita →) ou, então, no sentido inverso (representado pela seta voltada para a esquerda ←). Essa reação de reversibilidade pode estar associada a diversos fatores que vão desde a concentração de reagentes, até mesmo por conta da temperatura ou pressão.

A reação reversível é descrita por muitos autores como uma espécie de reação que permite o deslocamento de determinado reagente ou produto para ambos os sentidos, de forma com que o processo ocorra de maneira simultânea. O processo reversível também pode ser chamado de reação química reversível devido a presença de produtos e reagentes, podendo cada um se transformar no outro dependendo do processo, onde reagentes se transformam em produtos e produtos se transformam em reagentes.

Reação

O fato da reação ocorrer em ambas direções acontece de acordo com o sentido na qual os reagentes se transformam em produtos e vice versa. Por exemplo, na fórmula “A + B → C + D” ocorre uma reação direta onde “A” é um tipo de reagente e “B” é outro tipo de reagente. Juntos, “A + B” se transformam em produtos, dando sentido a “C + D”. Esse processo pode ocorrer de forma inversa onde “C” e “D” são denominados como reagentes e, ao se misturarem, permitem a formação de A e B como produtos – como representa a fórmula “A + B ← C + D”.

Sendo assim, é possível notar no exemplo citado acima que os produtos da primeira reação são basicamente os reagentes da segunda, podendo concluir que, se as duas reações citadas ocorrerem no mesmo momento, caracteriza-se, então, o processo reversível. Vale destacar que as reações reversíveis possibilitam que conforme o tempo decorrido de reação, é possível que ela atinja certo Equilíbrio Químico. Esse fato permite que a quantidade de reagentes e produtos dessa reação química mantenham-se constante.

Reversibilidade da Reação

A reversibilidade da reação química pode ocorrer por completo até que determinado reagente seja inteiramente consumido. No entanto, há especialistas que afirmam que não há uma eficiência completa no processo de reação química, principalmente pelo fato de que sempre terá produtos restituindo-se dos reagentes de origem. Com essa afirmação, é razoável notar que as reações sempre são reversíveis, pois, onde tiver reagentes, é possível que ele se torne um produto e vice versa.

A reversibilidade é quem irá determinar o rendimento da reação, propondo qual será a quantidade de produto relacionado aos reagentes, além da velocidade e força que o processo da reversibilidade da reação irá ocorrer. Vale destacar que a fórmula destacada no processo de reação reversível é possível e permite que a pessoa identifique qual processo encontra-se em uma velocidade maior ou, até mesmo, igual. Através da seta representada no processo ocorre uma espécie de distinção.

Por exemplo, se uma fórmula possui duas setas que destacam a reversibilidade da reação, sendo uma maior que a outra, é possível determinar qual processo encontra-se em maior velocidade. A seta maior é aquela que possui um processo mais rápido, enquanto as setas que se encontram no mesmo tamanho destaca que encontram-se em um equilíbrio químico, ou seja, o desenvolvimento da reação direta é o mesmo que o desenvolvimento da reação inversa.

Equilíbrio Químico ocorre quando as duas reações encontram-se no mesmo desenvolvimento;

– A reação direta ocorre com maior velocidade quando a seta encontra-se maior que a inversa;

– A reação inversa ocorre com maior velocidade quando a seta encontra-se maior que a direta.

O equilíbrio também pode ser classificado de maneiras diferentes, sendo que essa classificação ocorre com base nas fases de substâncias que estejam envolvidas na reação química. Por exemplo, o equilíbrio homogêneo acontece quando todas as substâncias estão na mesma fase, ou melhor, estado físico. Além disso, também ocorre o equilíbrio heterogêneo quando as substâncias estão em fases diferentes.

Constante de Equilíbrio

No processo de reação de equilíbrio, é possível destacar qual a constante de equilíbrio a partir da concentração que ocorre entre os produtos, dos reagentes e, também, dos coeficientes estequiométricos de cada um, ou seja, é possível calcular a quantidade de reagentes e produtos que seguem em participação de uma determinada reação química. Esse cálculo é realizado a partir de equações químicas. É importante encontrar a constante de determinada reação para determinar o valor da constante que irá influenciar na formação de produtos.

Essa constante de equilíbrio, em termos de concentração, é determinada por um valor, sendo que a cicla “Kc” irá representar diferentes valores de constantes em uma temperatura. O cálculo é representado pela fórmula que permite “Kc = produtos/reagentes”, ou seja, a constante do Kc é representada pela razão das concentrações de produtos pela de reagentes. Esse cálculo ainda ocorre a partir de elevadas potências que seguem iguais aos respectivos coeficientes estequiométrico: “Kc = Aa.Bb/Cc.Dd”.