Reações de Eliminação e Substituição


Reações de Eliminação

As reações químicas são o resultado da combinação entre duas ou mais substâncias na formação de outros compostos. As moléculas presentes nessas substâncias sofrem alterações em sua estrutura de maneira a gerar novas moléculas. No entanto, os átomos dos elementos que participam desse experimento permanecem inalterados.

Já as reações orgânicas são aquelas que ocorrem entre compostos orgânicos, ou seja, com as substâncias formadas por carbono. Essas combinações estão presentes no dia a dia e são realizadas em larga escala na indústria, para a obtenção de produtos cosméticos, plásticos, alimentícios, medicamentosos, entre outros tipos.

Entre os compostos orgânicos podem acontecer diversos tipos de reações. As mais importantes são:

Reações de adição;
– Reações de oxidação;
Reações de eliminação;
Reações de substituição.

Os próximos tópicos vão abordar os dois últimos tipos de reação: eliminação e substituição.

1 Reações de eliminação

As reações de eliminação são aquelas em que um ligante de carbono é eliminado da molécula sem que aconteça qualquer substituição desse ligante por outros. São reações contrárias às chamadas de adição.

Um exemplo clássico é a desidratação intramolecular de álcoois. Nesta situação, os átomos na molécula do reagente orgânico (no caso, o propanol) diminuem por causa da saída da molécula de água.

São reações de eliminação:

– Eliminação de água ou desidratação de álcool;
– Eliminação de hidrogênio ou desidrogenação;
– Eliminação de halogênios ou de-halogenação;
– Eliminação de halogenidreto.

2 Reações de substituição

As reações de substituição são aquelas em que um átomo ou um grupo deles, geralmente ligantes, são substituídos por outros. Neste caso, o ligante é substituído por um radical do outro reagente, ou seja, essa troca ocorre na própria molécula.

Esse tipo de reação é comum principalmente entre alcanos, ciclanos e aromáticos. As principais são:

– Sulfonação: em que há a substituição por sulfônicos;
– Halogenação: ocorre a substituição por halogênios;
– Nitração: o ligante é substituído por nitro.