Reações de Síntese, Análise, Simples e Dupla Troca, Oxirredução, Endotérmica e Exotérmica


Reações de Síntese

As reações químicas fazem parte da natureza e acontecem em todo momento, seja de forma natural ou em ações induzidas pelo ser humano. Essas reações são das mais variadas, veja a seguir, as principais delas:

Reações de Síntese

Também chamada de reação de adição, a reação de síntese onde o resultado é um produto. Ou seja, a soma de dois (ou mais) reagentes resulta na formação de um único produto. Quando se trata de reagentes simples, a reação é chamada de síntese total, e quando se tem uma substância composta, é chamada de síntese parcial.

Reações de Análise

Também chamada de reação de decomposição, a reação de análise é o contrário da reação de síntese. Neste caso, um único reagente se divide em dois (ou mais) produtos.

Reações de Simples Troca

As reações de Simples Troca, que podem também ser chamadas de reações de deslocamento, são as reações onde o elemento que for mais reativo se desloca até tomar o lugar do menos reativo, considerando os dois de uma mesma espécie, fazendo parte de um composto.

Reações de Dupla Troca

As reações de Dupla Troca, como o nome já sugere, são as reações onde se estabelece a troca de ânions e cátions de reagentes compostos. Essas reações podem ser definidas a partir da seguinte equação:

AB + CD — » AD + CB
(considerando que A e C representam os cátions)

Reações de Oxirredução

As reações de oxirredução são as que apresentam a transferência de elétrons de um determinado elemento (seja ele íon, átomo ou molécula) para outro elemento. São as reações de oxirredução que permitem a criação de bactérias, chamadas geradores galvânicos, que tornam os materiais mais resistentes à corrosão, por exemplo.

Reações Endotérmicas

São as reações que acontecem com a absorção de calor. Nesse processo, os reagentes recebem energia para se transformarem em produtos.

Reações Exotérmicas

As reações exotérmicas são as que resultam na liberação de calor, como por exemplo, um processo de combustão. Ao contrário da endotérmica, na reação exotérmica a variação da entalpia é negativa, o que indica que para que os reagentes se transformem em produto, eles acabam perdendo energia durante o processo.