Resumo sobre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)


Você que está na faculdade já deve ter ouvido falar sobre o CNPq, não é mesmo? Essa é uma das maiores instituições brasileiras que promove inovação, pesquisa e desenvolvimento para o país. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico foi criado em 15 de janeiro de 1951, a fim de atender as demandas da criação de uma instituição que fomentasse e coordenasse o desenvolvimento científico e tecnológico no Brasil.

Resumo sobre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

O projeto foi criado em meio ao governo da época e estabelecia como suas principais finalidades estimular o desenvolvimento da investigação científica e tecnológica. A instituição ficaria encarregada de promover a concessão de recursos para a pesquisa e formação de pesquisadores em cooperação com as universidades brasileiras e demais instituição estrangeiras.

O papel de desenvolvimento científico e tecnológico da CNPq

Em conjunto com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, o CNPq tem como ideologia incentivar o país a desenvolver pesquisas que possam contribuir no avanço da sociedade. O órgão atua nas grandes universidades brasileiras com a participação de acadêmicos e demais pesquisadores que estejam interessados em contribuir na qualidade de pesquisas científicas brasileiras. Todo esse esforço visa tornar o conhecimento científico universalizado.

A instituição mantem-se no desenvolvimento de atividades que sejam fundamentais na conduta e prática de políticas que envolvam a inovação, tecnologia e ciência como um todo, procurando assim um desenvolvimento da pesquisa científica e também proporcionando um reconhecimento de instituições e pesquisadores que destacam-se nesse avanço m meio a toda comunidade científica internacional.

O CNPq conta com diversas iniciativas para promover o desenvolvimento científico. Ela atua em meio a centros de tecnologia e inovação, universidades e demais organizações empresariais. O conceito de conhecimento científico vai muito além de pesquisas que visam apenas o setor das biológicas ou exatas. O CNPq é voltado para todas as categorias de pesquisa, seja ela da área de humanas ou sociais, pois se caracteriza como uma entidade que procura avançar todas as fronteiras do conhecimento a partir de um desenvolvimento sustentável para atingir a soberania nacional.

O desenvolvimento de pesquisa nas mais diversas áreas faz com que a instituição seja reconhecida como excelência na promoção de Ciência, Tecnologia e Inovação que são considerados os pontos centrais para o desenvolvimento da sociedade brasileira e internacional.

Você conhece a Plataforma Lattes?

Nesse resumo sobre o CNPq vale destacar a importância da Plataforma Lattes, que é vinculada a instituição. A plataforma possui uma integração sobre dados de currículos de pesquisadores, grupos de pesquisa e de instituição em único sistema. Nela você encontra ações de planejamento, gestão e operacionalização de pesquisas, bem como agência e fundações federais estaduais, instituições de ensino superior e institutos de pesquisas que visam o apoio a ciência e tecnologia.

Em conjunto com a plataforma, há a aderência do Currículo Lattes, que se tornou um registro padrão da atividade de estudantes e pesquisadores de todo o país. O currículo possui diversas informações e uma crescente abrangência e confiabilidade, por isso acabou tornando-se um elemento indispensável para análise de mérito e competência de indivíduos que contribuem para o desenvolvimento da ciência e tecnologia.

Sendo assim, o Currículo Lattes é utilizado para que determinado indivíduo informe seus passos no desenvolvimento científico, fornecendo dados como iniciação no setor de pesquisas, artigos científicos em eventos e congressos, trabalhos acadêmicos de grande parte, intercâmbio estudantis entre tantos outros.

O investimento para a promoção e desenvolvimento da ciência brasileira

Como dissemos acima nesse resumo sobre o CNPq, a instituição é responsável pelo financiamento de trabalhos e pesquisas que tenham como fundamento a ciência e tecnologia e inovação. Atualmente são quase 80 mil bolsas em apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico em topo o país. Além disso, a instituição está em desenvolvimento de mais de 7 mil projetos científicos, bem como na organização de 42 eventos científicos e 146 periódicos científicos como revistas e jornais.

Os investimentos são as maneiras mais eficazes que o CNPq encontra para aumentar o número de pesquisadores em todo o país. Além de ser uma excelente fonte de incentivo para a prática das pesquisas científicas em universidades, empresas e demais centros de pesquisa e tecnologia.

Todos os artefatos, como bolsas e demais auxílios, são oferecidos para centros de pesquisa em institutos em todo o Brasil, assim como em demais laboratórios, centros de formação profissional, laboratórios e tecnologia. O CNPq também dispõem em sua estrutura diversos benefícios para os avanços brasileiros a partir de experiências de pesquisadores no exterior.

Todos esses modelos de investimentos são diretamente voltados para a promoção e divulgação de materiais tecnológicos e científicos. O apoio financeiro possibilita que pesquisadores publiquem as suas pesquisas em artigos, periódicos e demais meios de informação científica, além da participação de congressos, simpósios, encontros científicos seja em âmbito nacional e internacional. Nesse resumo sobre o CNPq vimos como essa instituição possui uma extrema relevância para o desenvolvimento do país.