Regras do Badminton Simples e Duplas


Para nós, brasileiros, alguns esportes são menos comuns e cotidianos do que outros. Todo mundo conhece o futebol, mas nem todos sabem que uma boa partida de badminton pode ser tão emocionante quanto! Esse é um esporte olímpico, sobre o qual você conhecerá mais detalhes agora.

Descubra realmente em que consiste e quais são as regras do badminton simples e por duplas.

Badminton

O que é o badminton?

É um jogo bastante semelhante com o tênis de quadra, que é mais conhecido. Um dos diferenciais mais marcantes do badminton é que no lugar da bola, o objeto utilizado é bem parecido com uma peteca! Esse esporte é tradicional da Índia, onde era conhecido como “poona”. Durante o imperialismo do século XIX, os ingleses responsáveis pela neocolonização da Índia conheceram-no e levaram-no para a Inglaterra, onde se tornou popular.

O esporte pode ser praticado tanto individualmente, um contra um (badminton simples), quanto por duplas e as regras são as mesmas para essas duas categorias, como você verá logo mais.

Esse objeto utilizado nas competições, que se parece com uma peteca, é chamado de volante ou birdie. Os jogadores usam raquetes. A quadra é retangular, com 13,4 metros de comprimento e 6,1 metros de largura. E na parte central há uma rede dividindo as áreas que correspondem a cada jogador ou dupla.

Regras do badminton

Para acompanhar o esporte e entender o que está acontecendo, é preciso conhecer as regras do badminton, não é mesmo? É por isso que você irá conhecê-las agora!

O objetivo do jogo é fazer com que o birdie (peteca) toque o solo do campo adversário ao passar por cima da rede. Quando isso acontece, automaticamente o ponto é contabilizado. No entanto, se o birdie cair fora da linha que delimita a quadra, o ponto será do jogador ou dupla adversária.

O jogo começa com um sorteio (feito com uma moeda ou com a própria peteca). O time que ganha, pode escolher um lado da quadra ou escolher se deseja começar sacando.

A posição de início de partida é a seguinte: a pessoa que sacará precisa ficar dentro da chamada área de serviço, do lado direito da quadra, direcionada para a rede. Já quem recebe e está do outro lado da rede, também precisa ficar do lado direito da quadra na direção diagonal de quem sacará. Quanto ao badminton em dupla, o parceiro pode ficar em qualquer lugar, contanto que não esteja bloqueando a visão de ninguém.

Assim como no tênis, os saques no badminton também são realizados na direção diagonal.

O saque (também chamado de serviço) sempre deve começar pelo lado direito da quadra de quem vai sacar, em direção ao lado esquerdo da quadra adversária. Se a equipe que sacou fez o ponto, sacará novamente, mas dessa vez as posições vão se inverter: o saque partirá do lado esquerdo da quadra de quem serve para o lado direito do oponente.

Uma partida de badminton é dividida em três games que vão até 15 pontos cada um, como se fossem os sets do vôlei. O jogador ou a dupla que vencer dois ou três desses games é quem ganha. Nos jogos individuais femininos, são três games de 11 pontos cada.

A jogada que termina em um ponto para algum dos lados é chamada de rally. No badminton de dupla, quando a equipe servidora, ou seja, a que está no saque, ganha um rally, o ponto é marcado, o servidor muda de lado e continua servindo. Quando perde o rally, o saque passa para a dupla adversária.

Quando algo de fora interfere no jogo, isso é chamado de “let”. Um exemplo relativamente comum de let é quando uma peteca de outra quadra acaba invadindo o jogo acidentalmente.

As atitudes que são consideradas como falta no badminton incluem o jogador encostar na rede enquanto o jogo está acontecendo (até se a sua roupa ou raquete encostar); se o volante cair fora das linhas que delimitam a quadra; se a peteca for batida com a raquete duas vezes consecutivas do mesmo lado da quadra ou se o parceiro do recebedor receber o saque em seu lugar

Essas são as principais regras que regem as partidas de badminton. Aqui no Brasil, a organização responsável pelas competições desse esporte é a CBB (Confederação Brasileira de Badminton) que, inclusive, é quem estrutura os campeonatos oficiais.

O Badminton se tornou uma modalidade dos Jogos Olímpicos no ano de 1992 e uma curiosidade: a peteca utilizada é formada por 16 penas de ganso!

A competição mais importante para essa modalidade é o Campeonato Mundial de Badminton, embora existam outras, como a copa Uber, Copa Sudirnan e Copa Thomas.

Esse esporte tem uma grande popularidade em países do oriente, como Cingapura, Índia, Indonésia, China, Paquistão, Japão, Tailândia. Por conta disso, é um dos esportes mais praticados do mundo.