Arquivos da categoria: Espanhol

O espanhol é o idioma predominante na maioria da América Latina. Saber algumas frases e os verbos auxilia quem estuda ou visita os países que falam esse idioma.

O tempo em espanhol

Não é novidade para ninguém que, muitas vezes, utilizamos as condições climáticas para puxar assunto com algum desconhecido, ou mesmo para quebrar o gelo, quando estamos com um conhecido e simplesmente não sabemos o que dizer. Não há dúvidas de que todos nós sabemos falar de condições climáticas, sejam elas reais ou previstas. Mas e quando necessitamos falar dessas condições em outro idioma? Será que falar do tempo em espanhol é parecido com o português? Como puxar assunto com um falante de espanhol se não soubermos falar do tempo?

Espanhol: Los Falsos Amigos

Por que certas palavras no espanhol são conhecidas como “falsos amigos”?

Na realidade, atribui-se a nomenclatura, no espanhol, de “falsos cognatos” ou “falsos amigos” as expressões que, geralmente, quando pronunciadas, podem gerar conflito de significado ou sentido e, em algumas situações, gerar constrangimento, colocando a pessoa em uma situação desagradável.

Isso acontece porque as palavras são usadas de maneira incorreta, já que acredita-se que se há uma palavra semelhante ao português, em outro idioma, é porque deve possuir o mesmo sentido. Mas cuidado, nem sempre é assim.

Espanhol: Saudações

Assim como o português, o espanhol é uma língua bastante complexa. E apesar de apresentar bastante similaridade com a nossa, em alguns aspectos elas são muito diferentes uma da outra, e um belo exemplo dessas diferenças pode ser encontrado nas saudações. Muito mais que um cumprimento ou um início de conversa, as saudações podem revelar muito sobre a cultura e o jeito de ser de determinado povo. Como exercício, vamos pensar na despedida de e-mails empregada no português e no inglês. Mesmo em e-mails de trabalho, use-se amplamente “Um abraço” como despedida. Já em inglês, “Best regards” (que pode ser traduzido como “sinceros cumprimentos”) é a forma padronizada de despedida em e-mails profissionais. Assim, enquanto que a primeira representa uma despedida mais calorosa, a segunda apresenta uma despedida mais formal e este aspecto pode ser percebido na cultura – e não estamos fazendo uma crítica ou destacando a frieza dos falantes de inglês, muito pelo contrário.

Este mesmo pensamento pode ser aplicado às diferentes saudações utilizadas em espanhol. Mas antes de partimos para seu estudo propriamente dito, é importante explicarmos, mesmo que superficialmente, alguns aspectos da língua espanhola, que enriquecerão nosso estudo e compreensão das saudações empregadas nesta língua.

Espanhol: Pretérito Imperfeito do Indicativo

O tempo do verbo designa o instante em que acontece a ação: presente, passado ou futuro. No espanhol, os tempos verbais dividem-se em:

– simples: construído somente pelo verbo principal.

– composto: construído pelo verbo de apoio haver e o particípio do principal verbo.

– perfeito: evidencia a definição temporal. A expressão perfeito tem o significado de acabado, completo.

Espanhol: Uso do “e” e “y”, “o” e “u”

As conjunções são expressões que juntam duas palavras em uma mesma frase ou duas frases. Essas frases podem determinar um vinculo de coordenação, isto é, uma está ligada a outra, porém não existe submissão entre elas, ou podem determinar um vínculo de subordinação, isto é, uma subordina-se a outra para ter significado completo.

Essas conjunções coordenadas podem estabelecer relações de adição (y/e) ou de alternância (o/u) entre expressões ou orações.

– A conjunção Y/E estabelece relação de adição afirmativa entre expressões e orações.

Espanhol: La Culinaria en Español

A Espanha é um dos mais antigos países da Europa. Sua cultura atravessou os séculos sofrendo a influência de diversas outras culturas de povos que passaram por ali. A Espanha tem muitos traços árabes, já que a Península Ibérica sofreu uma grande invasão de muçulmanos ainda na Idade Média. A culinária espanhola é uma das mais marcantes da Europa e é baseada na culinária mediterrânea, já que os povos que sempre habitaram as terras às margens do Mar Mediterrâneo sempre promoveram intensos intercâmbios uns com os outros.

De forma geral a culinária espanhola possui é bem peculiar, mas possui alguns traços comuns a outras partes da Europa, como a presença do pão e do vinho para acompanhar praticamente todas as refeições. É possível conhecer um pouco da extensa culinária da Espanha nos diversos restaurantes espanhóis espalhados pelo Brasil. Mas se você quiser realmente saber o real sabor de um prato autêntico espanhol, é importante que você conheça o país de perto.

Espanhol: a língua espanhola no mundo

Muitas vezes, nós nos deparamos com um determinado pensamento fruto da tábula rasa que incide sobre o aprendizado das línguas: quem fala português automaticamente fala espanhol, e vice-versa. Apesar das similaridades fonéticas e sonoras entre ambas as línguas, não é verdade que o aprendizado de uma pelo falante de outra seja tão automático a ponto de dispensar a necessidade de um estudo mais aprofundado, detalhado e cuidadoso acerca dos aspectos gramaticais, fonéticos, semânticos e, sobretudo, culturais.

Pretérito Perfeito Composto

Antes de falar sobre como podemos compreender o pretérito perfeito composto na língua espanhola, é mais do que indispensável entender como esse tempo verbal funciona na língua portuguesa. Na verdade, ao entender a lógica no português, ficará bem mais fácil de compreender como a mesma regra acaba funcionando no espanhol, já que e língua espanhola, semelhante à portuguesa brasileira, tem regras específicas que mudam muito pouco e que acabam ajudando a compreender melhor a lógica na formação das frases e como elas se distinguem dos demais tempos verbais.