Movimento Progressivo e Retrógrado Uniformes


A física é uma das matérias mais temidas pelos estudantes brasileiros, isso porque ela é inserida apenas no ensino médio e causa espanto pela quantidade de fórmulas, somas e regras.

O movimento uniforme é uma dessas áreas da física que muitas vezes causa certo estranhamento e que vamos ensinar abaixo. O Movimento Uniforme é quando um móvel está se deslocando em velocidade constante. Essa velocidade é, na verdade, é uma velocidade média que tem que ser a mesma durante o tempo em que o movimento é realizado, não importando sua trajetória.

Movimento Progressivo

Sua fórmula é de velocidade escalar média onde Vm= ∆s/∆t.
Vm= ∆s/∆t
v = (S-S0)/t-t0 » s – s0 = v . (t – t0) » s = s0 + v . (t – t0)
Sendo que Vo é um valor nulo, já que é a velocidade inicial na qual o corpo sempre está em movimento. Por isso:
s = s0 + v . t

Nós sabemos que a função-horário da posição do objeto é capaz de fornecer as informações exatas que descrevem o movimento uniforme, no entanto, sabemos também que os gráficos conseguem fazer com que visualizemos de forma mais concreta toda essa trajetória e as grandezas que nela estão envolvidas. E, por isso, dois tipos de gráficos são possíveis quando se fala de Movimento Uniforme.

No primeiro caso, o gráfico é da posição em relação ao tempo, essa função de posição em relação ao tempo é de primeiro grau, sendo ela t, e por isso o gráfico que será feito será uma reta. Isso porque o coeficiente angular desse movimento é feita a partir da divisão dos valores de y e de x, com suas variações. Por isso, esse coeficiente angular da reta é a velocidade já citada já que ela coincide com a da reta.

Já se fizermos o gráfico da velocidade em função do tempo, ou seja, v x t teremos uma velocidade sempre constante e o gráfico terá então uma reta paralela ao tempo. Isso porque não importa o intervalo de tempo, a velocidade será sempre a mesma e, com isso, é possível que calculemos o valor da distância que esse corpo percorreu, sendo assim necessário calcular apenas a área do gráfico.

Mas quando o corpo está em um movimento reto durante sua trajetória, dizemos que ele tem um Movimento Uniforme Retilíneo e sua fórmula consegue encontrar como o espaço irá variar de acordo com o tempo do movimento.

É importante saber ainda que, por convenção, todo o corpo que se desloca em algum sentido, não importando ele qual for, desde que ele coincida com sua orientação de trajetória terá um v>0 e um ∆s>0. Nesse caso esse movimento será chamado de Movimento Progressivo. Agora, se esse movimento for contrário a sua trajetória a v

Movimento Progressivo

Se nós sabemos que o movimento uniforme é aquele em que a velocidade é constante e superior a 0, sabemos portanto que o espaço percorrida representado pela letra S é igual ao espaço inicial acrescido do velocidade em função do tempo. s = s0 + vt.

O movimento é tido como progressivo quando o objeto caminha no mesmo sentido que a trajetória, com isso o espaço percorrido aumenta de acordo com o tempo e sempre de forma positiva, ou como costumamos dizer, para frente. Para que isso aconteça, é preciso que sua velocidade seja sempre positiva.

Por exemplo: vamos supor que um motociclista tenha uma velocidade constante de 30 quilômetros por hora, sabemos que, ao partir, sua velocidade será de 0, uma hora depois sua velocidade será de 30 quilômetros por hora e sua distância percorrida de 30 quilômetros. Depois de 2 horas, sua velocidade continuará em 30 quilômetros por hora e sua distância percorrida será de 60 quilômetros. E assim por diante, desde que ele não mude a velocidade e assim possa ser enquadrado em um Movimento Progressivo Uniforme.

Movimento Retrógrado

Se o movimento progressivo é aquele no qual o objeto caminha no mesmo sentido que sua trajetória, o Movimento Retrógrado é o oposto, sendo então que o objeto faz o percurso em sentido contrário a sua trajetória e assim os espaços vão diminuindo e o tempo vai aumentando, sendo assim a velocidade escalar sempre menor do que 0, ou seja, negativa. Mas vale lembrar que como não existe uma velocidade negativa, isso quer apenas dizer que o sentido do movimento é retrógrado, por isso o nome Movimento Retrógrado.

Vamos imaginar o mesmo motociclista andando a 30 quilômetros por hora, ele inicia sua trajetória no ponto de 60 quilômetros, uma hora depois estará no ponto de 30 quilômetros e se acrescentar mais uma hora ele chegará ao marco zero da pista.

Com esse exemplo, conseguimos definir o movimento progressivo e o movimento retrógrado de maneira eficiente, fazendo com que seja entendido que o movimento progressivo é o oposto do movimento retrógrado ou ainda que o movimento retrógrado é o contrário do movimento progressivo.