Pernambuco: Aspectos Geográficos, Físicos e Humanos


O estado de Pernambuco fica na região centro-leste do nordeste do Brasil e a sua capital é a cidade de Recife. É conhecido por suas belezas e é berço de belas praias, uma cultura única e culinária diferenciadas. Aqui, você vai aprender sobre o estado de Pernambuco: aspectos geográficos, físicos e humanos.

Aspectos Geográficos

Pernambuco é um dos menores estados brasileiros, que faz divisa com os estados de:

* Ceará
* Paraíba
* Bahia
* Alagoas
* Piauí

Pernambuco

Apesar de ser um estado ser pequeno, possui diferentes paisagens e apresenta aspectos geográficos bastante interessantes, que pode ser dividia em três tipos:

* Zona da Mata
A Zona da Mata é uma faixa próxima ao litoral do estado, e é bastante conhecida, pois a capital, Recife, fica dentro da região da Zona da Mata. Essa região nada mais é do que uma grande planície, com algumas regiões com nível abaixo do nível do mar, lagos e várzeas. Com clima tropical, a vegetação mais facilmente encontrada são os manguezais. Na Zona da Mata também podemos encontrar belíssimas praias. Destacam-se a praia de Boa Viagem e a badaladíssima Porto de Galinhas.

* Sertão

Trata-se de uma área semiárida bastante vasta em todo o nordeste brasileiro. Em Pernambuco podemos encontrar o sertão no oeste do estado. Por lá, podemos visualizar serras, depressões e chapadas, cobertas pela vegetação típica desta região, a caatinga. Com clima semi-árido, a cidade mais famosa de Pernambuco, que fica dentro do sertão nordestino é Petrolina.

* Agreste

O agreste nordestino trata-se de uma região de planaltos, com altitudes que variam de 400 a 1000 metros acima do nível do mar. Também possui clima semiárido, mas a vegetação predominante do agreste é a Mata Atlântica. Uma das cidades pernambucanas mais conhecidas, que fica no agreste é Caruaru.

Além destes três tipos, ao sul do estado de Pernambuco ainda podemos encontrar uma região serrana, que se trata da continuação da chapada diamantina, onde devido às altitudes temos um clima menos quente e mais moderado. Isso pode ser sentido nas cidades de Garanhuns e Gravatá.

Ainda sobre os aspectos geográficos de Pernambuco, podemos contar com importantes rios. São eles:

* Rio São Francisco
* Rio Capibaribe
* Rio Una
* Rio Pajeú
* Rio Ipojuca
* Rio Jaboatão

Aspectos físicos

Com relação aos aspectos físicos de Pernambuco, muito é repetição sobre seus aspectos geográficos, relevo, clima e divisas com outros estados. Podemos reforçar, então, a respeito dos aspectos físicos de Pernambuco, mais detalhes sobre o clima da região, onde se predomina o clima tropical atlântico e semiárido.

Nas áreas litorâneas do estado, podemos encontrar um alto nível pluviométrico, ou seja, nível de chuvas, chegando a até 1.500 mm por ano. Por outro lado, nas regiões de clima semiárido, no sertão e no agreste pernambucano, podemos encontrar um clima bem mais seco, quente e com baixos níveis de chuva. Na região chamada de Polígono da seca, a quantidade de chuvas pode chegar ao máximo a 600 mm.

Aspectos humanos

Como já se sabe, o nordeste do País sempre passou por muitos desafios com relação à sua economia, igualdade de oportunidades para todos, entre outras questões. E, por isso mesmo, os aspectos humanos de Pernambuco não são muito animadores. Durante muitos anos a região teve na cana-de-açúcar sua principal fonte de renda. As usinas de cana-de-açúcar continuam sendo muito importantes na região, porém, com o passar do tempo, as cidades precisaram alterar suas formas de receita para conseguir se manter. Em Pernambuco, podemos encontrar grandes fazendas de flores, lavouras de café e seringueiras.

Conforme a contagem do IBGE de 2010, a região de Pernambuco possui uma população que totaliza 8.796.448 habitantes e uma densidade demográfica de 89,6 habitantes por metro quadrado. Cerca de 80% do total da população pernambucana vive nas cidades e somente o restante vive nas áreas agrárias. O Sertão de Pernambuco é a região menos populosa. Obviamente, a capital do estado, Recife é a cidade com maior densidade.

A maioria da população, cerca de 57% é composta por pardos e negros, 40% brancos e o restante por índios. As mulheres também são maioria, cerca de 51% da população, mas a proporção de homens é bastante igualitária. O índice de IDH, ou seja o índice de desenvolvimento humano no estado de Pernambuco não é dos mais altos, alcançando somente 0,718. A região ainda apresenta uma das mais altas mortalidades no País, chegando a 35,7 mortes a cada mil nascimentos. Outro dado alarmante é com relação ao número de analfabetos, que, em todo o estado, totalizam cerca de 17% da população.

Apesar de alguns dos aspectos humanos de Pernambuco parecerem bastante negativos, o estado vem mostrando crescimentos positivos com relação aos seus problemas e acredita-se que cada vez mais, irá melhorar e incrementar seus aspectos positivos.

Estes foram alguns dos pontos principais, porém, há muito que se saber em relação ao estado de Pernambuco: aspectos geográficos, físicos e humanos. Para isso, é preciso fazer uma pesquisa mais avançada.