As Sete Maravilhas do Mundo Moderno


As Sete Maravilhas

A ideia de “sete maravilhas do mundo” é uma criação dos gregos. Trata-se de uma espécie de tributo do homem ao próprio homem, à sua incrível capacidade como único ser criativo sobre a terra, capaz de transformar o meio e a realidade.

Na visão dos gregos, era importante que se pudesse reconhecer sete entre tantas obras, como aquelas mais impressionantes, fosse pela suntuosidade, pela técnica ou pela magnitude.

Foram, então, eleitas as Sete Maravilhas do Mundo: Os Jardins Suspensos da Babilônia, o Colosso de Rhodes, o Templo de Ártemis, as Pirâmides de Gizé, o Farol de Alexandria, o Mausoléu de Helicarnasso e a Estátua de Zeus.
De todas essas maravilhas, restou de pé somente a Grande Pirâmide de Gizé. As demais foram destruídas por ação do tempo, de fenômenos naturais ou do próprio homem.

As Sete Maravilhas do Mundo Moderno

Em 2005, uma organização suíça, chamada New Open World Corporation, decidiu repetir a ideia dos gregos antigos e eleger as sete maravilhas do mundo moderno numa eleição que só teve fim em 2007, com mais de 100 milhões de participantes.

Desse processo, saiu a lista das sete maravilhas escolhidas:

– Ruínas de Petra

As Ruínas de Petra estão localizadas na Jordânia. São consideradas o mais importante entre os sítios arqueológicos do mundo. A cidade de Petra foi construída a mais de 2 mil anos, tendo sido destruída no século VI por uma sequência de terremotos. Importante para os impérios Bizantino e Romano, tem influências árabes e helenísticas, contendo um complexo sistema de túneis, cisternas e canais. A maior curiosidade é estar encravada em rochas no meio do deserto.

– Coliseu

O Coliseu, localizado em Roma, é um enorme anfiteatro, construído em 70 d.C. para abrigar às lutas entre os gladiadores. Serviu de inspiração para a construção dos grandes estádios modernos, chamados de arenas.
– Grande Muralha da China

O que mais impressiona é o tempo que levou para ser construída. Os mais de 20 mil km de muralha começaram a ser construídos no século III a.C, sendo concluídos no século XVII d.C, com a finalidade de proteger o país de invasores vindos do norte.

– Pirâmide de Chichén Itzá

É o principal monumento da cidade sagrada de Chichén Itzá, no México, berço da civilização Maia.

– Machu Picchu

Machu Picchu é uma das duas maravilhas modernas da América do Sul. Está no topo de uma montanha de onde é atualmente o Peru, entre os Andes e a Amazônia. Foi construída no século XV, pouco antes da invasão espanhola.

– Taj Mahal

Foi construído no século XVII, na Índia, em tributo à esposa do imperador mongol Shah Jahan.

– Cristo Redentor

Localizado no Brasil, no Rio de Janeiro, no alto do morro do Corcovado, encravado no meio de uma das maiores metrópoles do mundo, o Cristo Redentor é uma estátua de 38 metros de altura, a caçula entre as sete maravilhas do mundo moderno, inaugurada em 1931.