Tipos de gráficos


Já imaginou se todas as informações que fossem repassadas a nós viessem em formato de texto? E se não existisse nenhum elemento gráfico que pudesse ilustrar, ou, facilitar a nossa vida durante longas reportagens e matérias jornalísticas? Seria difícil não é mesmo, mas ainda bem que temos os gráficos para nos ajudar:

Gráficos: o que são?

Pensado para facilitar a expressão visual de dados e números, os gráficos apresentam diferentes tipos de estruturas e modelos. O artigo de hoje tem por objetivo mostrar os variados tipos de gráficos, seus principais elementos e os modelos mais usados em cada ocasião.

gráficos

Considerados importantes ferramentas de interpretação e análise de dados, os gráficos são compostos por cinco elementos principais, sendo eles: título, números, nota, fonte e chamada.

Marcando presença em livros, jornais e até na internet, podem traduzir diversos assuntos, desde o mais simples do cotidiano até grandes análises econômicas. Entre as principais características dos gráficos estão a rapidez e a facilidade no acesso a informação, além é claro, da clareza e da objetividade. Vamos agora aos tipos de gráfico.

Modelo de representação gráfica

Como já mencionado no tópico anterior, o gráfico tem por finalidade a representação de todo e qualquer fenômeno que possa ser quantificado, mensurado, ou, contabilizado de maneira lógica. Portanto, os gráfico tem a função de apresentar uma “dimensão estatística perante algum fato”.

E já que são elementos tão poderosos e carregados de informação, nada mais justo do que saber como interpretá-los, por isso, é tão necessário conhecer quais os tipos de gráfico.

Gráfico de Coluna

Classificado como um dos tipos mais utilizado, o gráfico de coluna tende a indicar dados quantitativos a respeito de muitas variáveis. Nesse tipo de representação, os dados são mostrados na vertical, enquanto, as chamadas “divisões qualitativas” estão na horizontal. Podem ser utilizados para indicar o número de habitantes, ou, população de determinado lugar.

a) Gráfico de Linhas

Geralmente utilizados para exibir dados contínuos ao longo de um período determinado, por esse motivo, são os mais apreciados para demonstração de comportamentos, ou, tendências. Nesse modelo, os chamados “dados de categoria” estão localizados no eixo horizontal, enquanto isso no vertical estão distribuídos valores

b) Gráfico em Barra

Muito semelhante aos gráficos em colunas, contudo, apresentam os dados na horizontal, enquanto que divisões e informações se deslocam para a vertical.

c) Gráfico em Rede
Tem como função comparar valores diferentes de uma mesma variável, sendo mais utilizados na medição de certas estatísticas, principalmente em jogos de videogame, os mais comuns são os RPG.

d) Gráfico de Área

Utilizado para demonstrar a proporção sobre um todo, além disso, cabe sua utilização quando necessário mostrar a relação de dados diferentes entre si. Por vezes se assemelha ao gráfico do tipo linha.

e) Gráfico de Ações

Assim como o nome indica, sua principal função é revelar o preço e comportamento de ações, contudo não apenas especialistas em economia utilizam tal modelo, inclusive, o gráfico de ações já chegou a ser utilizado para “fins científicos”, como por exemplo, a indicação de temperatura.

f) Gráfico de Dispersão

O famoso gráfico que apresenta os eixos XY tem por objetivo mostrar dados numéricos ao longo do eixo X (horizontal) e também do Y (vertical). Ao serem combinados os valores apresentados podem mostrar intervalos nada regulares. São mais utilizados para exibição e comparação de dados científicos, estatísticos e engenharia.

g) Gráfico de Radar

Usado para comparar os chamados valores agregados de determinadas séries de dados. Aqui cada série deve apresentar características exclusivas, como cor ou/e um padrão exclusivo que se repita – afinal se repete torna-se um padrão -. Cada representação pode conter mais de uma série de dados.

h) Gráfico de superfície

Utilizado para encontrar combinações entre dois conjuntos de dados, podendo ser utilizado tanto em séries, quanto, categorias de dados numéricos.

i) Gráficos em formato de pizza

Odiado por uns, amado por outros, o gráfico pizza é extremamente utilizado para expressar a chamada relação de proporcionalidade, onde, a soma dos dados deve compor o todo caracterizado pelo gráfico. É importante salientar ainda que o gráfico pizza é comumente confundido com o gráfico circular, e não é pra menos, afinal, a lógica de ambos é a mesma, a divisão de partes que formam um todo.

Considerações finais

Como você deve ter observado caro estudante, os gráficos têm uma função muito importante em nossa vida sendo responsáveis por nos repassar valiosas informações de forma clara e objetiva. Os tipos de gráficos também são muitos e cada um tem sua função especial, sendo utilizados em casos bem específicos, como você pode observar nos tópicos acima.
Esperando que nosso artigo possa ter lhe auxiliado a conhecer os vários tipos de gráfico, e também, a função desse importante elemento nos despedimos, desejando bons estudos e boas pesquisas. Até a próxima e lembre-se: “Resumo Escolar” é o site mais completo para sua pesquisa.