Poliestireno


O que são poliestirenos.

Os poliestirenos são materiais termoplásticos, desenvolvidos a partir da adição sucessiva de monômeros de estireno, que também podem ser chamados de vinil-benzeno.A consistencia do vinil-benzeno é a de um líquido viscoso, pois é formado por moléculas de benzeno e de etileno.

Desta maneira, o polestireno é um homopolímero.Por ser um material classificado no grupo dos termoplásticos, apresentam algumas características comuns a este grupo.

Dentre estas, podemos destacar a maleabilidade do material, resistência a variações de temperaturas, capacidade de ser moldado sob a ação de grandes temperaturas e resistência à quedas.

Poliestireno

O poliestireno expandido também é uma material classificado dentro do grupo do poliestireno. Popularmente, no Brasil este material é chamado comercialmente de isopor ou estiropor. Em Portugal, este material é chamado de esferovite. O poliestireno expandido caracteriza-se por ser semelhante a uma espuma, formada pela reunião de vários granulos. O plástico do tipo isopor precisa ser moldado conforme a necessidade e a aplicação em que será utilizado.

Estes materiais foram descobertos através das pesquisas de cientistas na área da química no ano de 1839. Porém, a comercialização dos poliestirenos só começaram em 1930.

Como são fabricados.

Para que seja possível a fabricação de poliestirenos é necessário um monomero chamado estireno. Este monomero é um hidrocarboneto aromático insaturado (C6H5C2H3). Esta é amatéria-prima para a produção de poliestirenos. Possui como características físico-químicas ponto de ebulição em 145ºC e ponto de solidificação em -30°C. Em temperatura ambiente, o estireno se apresenta em estado líquido, viscoso, quase translúcido, com um leve odor adocicado.

Geralmente, o estireno, também chamado de vinil-benzeno é obtido por processos industriais de desidrogenação do etil-benzeno.O processo de desidrogenação é feito na presença de calor, com temperaturas entre 600°C e 800°C, combinado com óxidos metálicos, como o óxido de zinco e pressão reduzida.

Os poliestirenos possuem um processo de fabricação relativamente simples para a indústria. Por este motivo,seus custos de fabricação também tendem a serem baixos. Estas características de produção tornam os poliestirenos materiais largametne utilizados na indútria. Os poliestirenos também são bastante utilizados em substituição a outros materiais de uso cotidiano, sendo aplicados para copos, talheres, embalagens descartáveis, canos e revestimentos. Isto acontece devido ao seu baixo custo de fabricação,o que o tornou um material presente em várias residências e espaços de consumo.

Tipos de poliestirenos.

Os poliestirenos podem ser classificados segundo suas principais características e aplicabilidade,conforme o demonstrado abaixo:

Poliestireno cristal (PS cristal): material plástico com aparência muito próxima do vidro. A existência de vários anéis benzênicos nas cadeias poliméricas cria uma grande aderência entre as camadas do material, o que justifica sua semelhança com o vidro. É classificado como um homopolímero amorfo, com alto índice de refração.

Poliestireno de alto impacto (PS alto impacto): é um material resistente porém, com certa flexibilidade e grande capacidade de absover impactos. É obtido a partir da adição de 5% a 10% de elastómero, chamado popularmente de borracha. O elastómero pode ser acrescentado ao processo de polimerização através de uma mistura mecânica ou através de um enxerto na cadeia polimérica.

Poliestireno expandido (isopor, estiropor ou esferovite): durante o processo de polimerização, são aplicados gases nas cadeias poliméricas, que irão expandir o poliestireno, formando granulos. Até a década de 90, o gás utilizado para este fim era o CFC.Entretanto, por ser um gás extremamente danoso para a camada de ozônio,foi substituído pelo gás pentano.

Poliestireno resistente ao calor: material com um processo que varia do poliestireno cristal. Entretanto, seu processo de fabricação é mais complexo e o resultado é um material com maior robustez.

Aplicações do poliestireno.

O poliestireno é um material extremamente versátil. É encontrado tanto em copos descartáveis quanto em peças de um automóvel. A seguir, uma lista com as aplicações do poliestireno, conforme as suas características.

Poliestireno cristal: utilizado para copos descartáveis, embalagens para maquiagens e cosméticos, escovas de dentes, pentes de cabelo, béquers descartáveis, seringas. A maioria dos plásticos frágeis e descartáveis são poliestireno tipo cristal.

Poliestireno de alto impacto: utilizado em utensílios de cozinha, brinquedos e gavetas de refrigeradores.

Poliestireno expandido: utilizado como proteção no transporte de eletrodomésticos. Serve também como embalagem térmica para alimentos e como isolante acústico. Além destas funções, o poliestireno expandido também pode ser utilizado na construção civil, como forma de evitar a sobrecarga sobre as estruturas de uma edificação.

Poliestireno resistente ao calor: utilizado em peças para automóveis, eletrodomésticos, computadores, gabinetes de televisores e monitores, acabamento interno de veículos automotivos,pás de ventiladores e circuladores de ar.

Embora seja materiais extremamente versáteis, resistentes e baratos, os poliestirenos exigem atenção, pois são bastante poluentes em toda a sua cadeia de produção e consumo.

Uma alternativa a este problema é a implementação de políticas públicas que visem a reciclagem de destes materiais, para evitar o acúmulo de lixo e a utilização de energia não-renovável em novos materiais plásticos.