Resumo Jean Piaget


Jean Piaget é um dos maiores nomes da pedagogia e da educação até hoje, devido aos importantes ensinamentos e teorias que deixou em prol da formação cidadãos mais críticos e criativos. Nascido em 1896, na Suíça, o pesquisador revolucionou o pensamento em relação à educação de crianças ao mostrar que elas não pensam como adultos. Piaget também se especializou em psicologia evolutiva e no estudo de epistemologia genética, o que foi marcante para que seja reconhecido como um dos maiores pensadores do século XX.

Resumo Jean Piaget

Em 1918, então com 22 anos de idade, o jovem Piaget mudou-se para Zurique e deu início ao seu trabalho em clínicas de psicologia e psiquiatria. A partir de 1919, também estudou psicopatologia na França, na Universidade de Sorbonne, e, com isso, adquiriu conhecimento prático na área – e foi nessa época que o cientista conheceu Théodore Simon, nome referencial de Piaget em relação ao estudo do pensamento infantil e da forma de raciocínio própria da criança.

Ainda durante sua estada em Paris, em 1921, Piaget desenvolveu suas primeiras teorias de Pedagogia, que resultaram na publicação de três artigos sobre o raciocínio da criança e o pensamento infantil. Quando realizou seus primeiros estudos em psicologia no Instituto Jean-Jacques Rosseau, o cientista suíço publicou mais cinco artigos sobre o mesmo tema. Dessa forma, tornou-se um dos maiores nomes da área, na época, e passou a ser chamado em congressos e palestras sobre o tema.

Você conhece as principais teorias, estudos e curiosidades de Piaget? Então, fique de olho em todas as informações que temos neste Resumo Jean Piaget que fizemos para você. Veja abaixo!

Resumo sobre Jean Piaget: Biografia

Jean William Fritz Piaget, mais conhecido como Jean Piaget, nasceu em 1896, em Neuchâtel, na Suíça. Filho do doutor em Língua, Artur Piaget, com a precursora do socialismo na Suíça, Rebecca Suzane, publicou seu primeiro estudo aos 11 anos – tratava-se de um artigo que discorria sobre um pardal. Ainda nesse ano, em 1907, o garoto também foi chamado para ser o auxiliar da diretoria do Museu de História de Neuchâtel, ministrada por Paul Godet.

Já em 1911, Piaget publica seus primeiros estudos em magazines especializadas da época e vive num período conflituoso devido ao raciocínio e a necessidade de escolher entre a filosofia religiosa, corrente que a mãe do pensador o influenciava fortemente; e a corrente científica, influenciado pelas suas leituras variadas em psicologia e filosofia. Em meio a esses estudos, Piaget descobre a Teoria do Conhecimento (Epistemologia).

Em 1918, o pesquisador suíço tornou-se doutor em Biologia e Filosofia pela Universidade de Neuchâtel e, em 1919 se mudou para a cidade de Zurique, em que ele iniciou suas pesquisas acerca do raciocínio infantil atuando como auxiliar de Carl Jung e como psiquiatra. Em 1924, Piaget publicou o primeiro dos mais de setenta livros que compõem a sua obra, intitulado de A Linguagem e o Pensamento na Criança, enquanto estava no Instituto Rosseau, da Universidade de Genebra. Esse período influenciou toda a carreira do pensador suíço.

No final da década de 1930, o cientista já havia ocupado importantes cargos na Universidade de Neuchâtel e no Instituto Jean-Jacques Rousseu. Com trinta anos, acompanhava de perto o crescimento das três filhas que teve com sua esposa Valentine Châtenay, o que o ajudava nos estudos de observação das crianças. Na década de 1940, Piaget deu aula em diversas universidades da Europa. Em 1952, foi convidado para lecionar na Universidade de Sobornne, na França, onde trabalhou até falecer, em 1980, em Genebra.

Resumo Jean Piaget: principais obras e teorias

Não há como fazer um Resumo sobre Jean Piaget sem comentar as principais obras e teorias do pensador suíço que é sinônimo de Pedagogia em todo o mundo até hoje. O cientista, biólogo e filósofo fez relevantes pesquisas com suas próprias filhas (Jacqueline, Lucienne e Laurent), com crianças francesas, com crianças que apresentavam transtornos mentais, e foi dessa forma que se tornou um dos nomes mais reconhecidos de sua área.

Entre as principais contribuições do pensador Jean Piaget à educação e à psicologia infantil, estão os estudos:

  • “A Construção do Real na Criança”, publicado em 1975.
  • “A gênese das estruturas lógicas elementares”, publicado em 1959;
  • “Da Lógica Da Criança à Lógica Do Adolescente”, de 1955;
  • “A Representação Do Espaço Na Criança” e “A geometria espontânea na criança”, publicados em 1948;
  • “A Noção De Tempo Na Criança”, de 1946;
  • “A Gênese Do Numero” e “O Desenvolvimento Das Quantidades Fisicas”, publicados em 1941;
  • “O julgamento moral na criança”, publicado em 1931;
  • “A causalidade física na criança”, de 1927;
  • “A representação do mundo na criança”, de 1926;
  • “O Juízo e o Raciocínio na Criança”, publicado em 1924;
  • “A Linguagem e o Pensamento na Criança”, publicado em 1923;

Jean Piaget foi um importante pesquisador que até hoje influencia os estudos da área de Educação e da Psicologia.