A Filosofia no Mundo


É muito comum que ouçamos de diversas pessoas em diversas fases de nossas vidas relatos sobre aquilo que se convencionou chamar de “vazio existencial”. Dito de maneira simples, este vazio é sentido quando não conseguimos achar um rumo para nossa vida ou um propósito que faz da vida algo pleno e capaz de ser experienciada com toda a força existencial. Este e diversos outros dilemas são as questões sobre as quais os filósofos se dedicam a refletir.a-filosofia-no-mundo

Apesar de hoje a filosofia ser considerada como marginal enquanto campo do conhecimento, afinal não possui a utilidade técnica das ciências exatas, das ciências da natureza e nem mesmo da ciência humana, seu surgimento e seu papel durante a história foi e continua sendo de vital da importância.

O maior exemplo da importância da filosofia no mundo ou da filosofia para a compreensão do mundo e do ser humano pode ser encontrada na Antiguidade. Nos estudos realizados nesta era, ainda não havia a ciência tal como a conhecemos hoje, e logo não existia a divisão entre áreas do conhecimento. Assim, era papel da filosofia explicar tudo aquilo que hoje é dividido entre as diversas áreas do conhecimento. Das relações sociais ao estudo da astronomia. Da linguagem e seus diferentes usos até a matemática. Absolutamente tudo era estudado pela filosofia clássica.

O papel da filosofia1

Se hoje a filosofia pode ser definida como uma ciência pertencente aos estudos humanísticos, e por isso obtêm um status de ciência bastante especifico, diferente do que ocorria na Antiguidade, seu papel no mundo continua sendo de absoluta importância.

O principal objetivo da filosofia é fazer com que as pessoas adotem uma posição de questionamento contínuo. Sobre seu papel na sociedade. Sobre os problemas da sociedade. Sobre a posição que ocupa no mundo e no universo. Sobre as relações que estabelece com outros. Sobre a influência que exerce e que recebe de terceiros.

Dessa forma, tal ciência desperta no homem um contínuo desejo por conhecimento, que uma vez enraizado em seu âmago dificilmente poderá ser retirado. Com este desejo de conhecimento, é possível conhecer e modificar toda a realidade do eu e mesmo a de sua volta, pois qualquer forma de conhecimento traz poder, e mesmo que não se trate de um poder hegemônico, que visa subjugar o outro à vontade própria, este poder pode ter uma influência bastante significativa.

No entanto, mesmo que a grande maioria das pessoas saibam deste poder que o pensar filosófico tem, poucas pessoas verdadeiramente adotam e utilizam a filosofia em seu dia a dia, o que constitui um comportamento apático e bastante perigoso, em especial na contemporaneidade, conforme veremos abaixo.

A filosofia no mundo contemporâneo2

Como não é segredo para ninguém, a partir do momento que o homem, entendido como ser humano no sentido mais amplo do termo, começa a tomar consciência de sua posição no mundo, ele começa a ter autonomia e força.

Pensemos em um exemplo bastante prático: a escravidão. Apesar de ter ocorrido durante séculos, a partir do momento que os negros tomaram consciência de que não eram inferiores às pessoas de outras raças, a pressão sobre as autoridades para que acabassem com a escravidão começou a aumentar de forma considerável, até que finalmente sucumbiu, mesmo que ainda existam consequências trágicas deste nefasto período. No mundo contemporâneo, ocorre o mesmo, com a exceção de que poucas pessoas tomaram consciência de seu papel no mundo.

Vivemos em um regime que, sob a máscara da democracia, é capaz de reger todas as nossas atitudes e mesmo pensamentos, suprimindo aquilo que é considerado negativo e exaltando o que possui consequência positivas em sua visão. Assim, governos altamente corruptos e antidemocráticos são capazes de governar, com apenas alguns poucos políticos, milhões de pessoas.

Nas redes sociais, um espaço que deveria ser livre pela própria lógica que se insere, a da conexão global, achamos que podemos dizer e fazer qualquer coisa, mas todas nossas informações são utilizadas para estratégicas de marketing que visam nos empurrar produtos e serviços que muitas vezes nem precisamos e para alimentar instrumentos de controle do governo.

Ainda existem diversos países sob regime ditatório, além da crise migratória na Síria, parcialmente causada e apoiada por duas grandes potências mundiais.

Em diversos países, em especial naqueles com as maiores populações mundiais, grande parte da população enfrenta dificuldade de acesso a alimento e água, enquanto a desigualdade social cresce, assim como a fortuna dos poucos bilionários existentes no mundo.

São por todos esses motivos que a filosofia, que inclusive foi forçada a sair do currículo escolar básico das escolas brasileiras, tem um papel primordial no mundo e deve ser adotada por tantas pessoas quanto possível. Como bem pontuado pelo filosofo francês Merleau-Ponty, a verdadeira filosofia é reaprender a ver o mundo, e com essas novas lentes, poderemos enxergar e combater os absurdos que hoje presenciamos.