Fontes de Energia


Vivemos em um planeta cheio de riquezas, inclusive em fontes de energia. Algumas delas são renováveis e podem ser reutilizadas diversas vezes, aumentando a sustentabilidade, enquanto outras só poderão ser aproveitadas uma única vez. Neste artigo, você irá aprender tudo a respeito destas fontes de energia, quais são as principais diferenças entre elas, benefícios e o quanto são importantes para nossa sociedade.

Fontes de energia

Fontes de energia não renováveis

As fontes de energia são extremamente importantes para nossa sociedade. Foi através dela que chegamos as principais inovações tecnológicas, além da melhoria da produção industrial, do transporte e até dos eletrodomésticos que temos em casa.

Os automóveis, caminhões e ônibus, em sua maioria, ainda precisam deste tipo de energia para funcionar, assim como uma importante quantidade de energia elétrica em diversas partes do mundo.

Mas infelizmente, elas não podem ser utilizadas de forma indiscriminada, já que estão disponíveis em poucas quantidades na natureza. Por isso, também são chamadas são de esgotáveis. Entre as principais fontes de energia não renováveis, podemos citar:

  • Petróleo
  • Carvão Mineral
  • Gás Natural
  • Xisto
  • Urânio

Entre estas fontes, há algumas que são primárias, isto é, podem ser utilizadas em sua forma bruta para a produção de energia, ou secundárias, que precisam passar por algum processo para que isso seja possível.

O carvão, o urânio e até o próprio petróleo, por si só, já são capazes de gerar energia, mas em algumas vezes também passam por tratamentos e se tornam outros produtos que também podem ou não gerar energia. Quando isso acontece, precisam passar por refinarias, usinas ou coquerias.

O petróleo é um elemento tão importante, que somente dele são retiradas a gasolina, o querosene, o óleo diesel e diversos outros subprodutos. Por isso, é atualmente uma das fontes de energia mais importantes e que atua diretamente na economia de praticamente todos os países.

Não é fácil encontrar este tipo de fonte de energia e geralmente é necessário fazer um alto investimento para que sejam retirados da natureza e transformados em outra coisa.

Além disso, é preciso ter muito cuidado ao utilizar energias não renováveis. Afinal, além de serem esgotáveis e levarem muitos anos para se formarem novamente, este tipo de energia também costuma ser mais poluente do que outras, afetando o ar que respiramos e causando danos ao planeta.

Por este motivo, cientistas, empresas, governos e até organizações não governamentais estão em constante busca de energias renováveis, capazes de proporcionar benefícios sem causar danos à natureza.

Fontes de energia renováveis

Felizmente, a cada ano, surgem novas formas de gerar energia sem que seja necessário o uso de fontes esgotáveis e altamente poluentes. Entre as principais fontes de energia renováveis, podemos citar:

  • Água
  • Sol
  • Ar

As fontes de energia renováveis, precisam sempre ser captadas e transformadas. A água se transforma em energia hidráulica, o sol em energia solar e o ar em energia eólica. Há ainda diversas outras fontes de energia sendo estudadas e avaliadas.

A principal vantagem neste tipo de fonte é que são abundantemente encontradas na natureza e oferecem menos risco. Algumas delas são até consideradas limpas, ou seja, que não apresentam nenhum grau de poluição.

Com relação à energia hidráulica, existem alguns cuidados, já que atualmente ainda é necessária a instalação de hidrelétricas, que além de necessitarem de condições naturais específicas, ainda preveem o alagamento de áreas, afetando a vida de animais e pessoas que vivem na região. No Brasil, no Canadá e na China, a energia hidráulica é a principal responsável por levar energia elétrica para as residências e empresas.

Apesar de serem altamente promissoras, esse tipo de uso das fontes de energia ainda são muito utilizadas. O primeiro motivo está diretamente relacionado à dificuldade, já que são necessárias condições específicas. Por exemplo, para que uma usina de energia eólica seja instalada, a região precisa receber uma grande quantidade de ventos. O mesmo ocorre com a energia solar e hidráulica.

Outro motivo e, o mais importante, está diretamente relacionado com o custo. A instalação deste tipo de construção ainda é muito mais alto do que de outros tipos de energia e por isso dificultam o acesso em países menos desenvolvidos.

A boa notícia é que as energias renováveis, também chamadas de energias limpas, vêm recebendo cada vez mais incentivos. Atualmente, já é possível ter acesso aos carros elétricos, placas solares mais baratas e outras formas de energia que não causam tantos prejuízos.

O futuro promete ainda mais inovações. Outras fontes de energia renováveis e não poluentes pouco ou totalmente não exploradas oferecem uma infinidade de oportunidades, como por exemplo, a biomassa, que tem como fonte substâncias como o lixo e restos de plantas diversas, o hidrogênio e até os oceanos.

Todos os tipos de fonte de energia, sejam elas renováveis ou não, possuem suas vantagens e desvantagens. O uso racional e consumo consciente de todos nós são as melhores formas de garantir a sustentabilidade e a saúde do planeta.