Isolamento Acústico


O isolamento acústico é um procedimento que tem por objetivo estipular barreiras que inibem a passagem de sons indesejados, evitando que eles saiam ou entrem em um determinado ambiente.
isolamento-acustico

É essencial que para o isolamento acústico seja devidamente efetuado alguns materiais específicos sejam utilizados. Além disso, para estabelecer um bom isolamento acústico, é necessário entender quais são os tipos de ruídos que existem. São eles:

– Ruídos aéreos: São sons que atravessam estruturas como paredes, lajes, janelas e pisos. Exemplos dos ruídos aéreos são conversas entre pessoas, aparelhos de som ligados, som da televisão, entre outros.

– Ruídos estruturais: São sons que fazem as estruturas vibrarem, essencialmente devido a impactos ou devido a sons mais graves. Exemplos de ruídos estruturais são o trovão, batida de portas, móveis sendo arrastados, caminhões ou ônibus circulando pela rua, entre outros.

Ou seja, quando promovemos o processo de isolamento acústico, estamos procurando uma maneira para estabelecer uma barreira, evitando que a onda sonora consiga passar de um local para o outro.

Em determinadas situações o isolamento acústico (que também pode ser chamado de isolamento sonoro) é uma grande necessidade, pois ele serve para assegurar a privacidade, evitar a poluição sonora, garantir tranquilidade e conforto. Ele é essencial tanto em espaços residenciais, escolares e hospitalares, bem como em ambientes de trabalho, tais como indústrias, escritórios, entre outros.

Os principais materiais para a realização do isolamento acústico

Para a obtenção de um eficiente isolamento sonoro é preciso fazer uso de determinados materiais que são especiais para isso. Nesse contexto, os materiais são classificados como:

– Materiais convencionais: Correspondem aos materiais que são comumente usados na construção civil, tais como blocos de concreto, madeira, cerâmica, entre outros.

– Materiais não convencionais: Correspondem aos materiais que foram concebidos e estudados para efetuarem o isolamento acústico dos mais variados tipos de ambiente. Nesse caso é possível citar materiais como espumas, fibras e também outros materiais que são ecologicamente sustentáveis, tais como a fibra de coco, por exemplo.

Além disso, a realização de um bom isolamento sonoro deve levar em consideração também alguns fatores importantes. São eles:
– O tipo de ruído: É importante ter noção do tipo de som que é propagado pelo ambiente. Dessa maneira é possível saber qual é o material mais viável para efetuar o isolamento sonoro.

– O tipo de construção: Vale saber também quais são os materiais utilizados na construção, bem como saber se são casas ou apartamentos geminados, por exemplo.

O isolamento acústico hoje em dia é um elemento importante para os mais diversos tipos de ambientes. Tais como:

– Ambientes de hospital
– Estúdios musicais
– Condomínios
– Residências
– Escritórios
– Universidades

As diferenças existentes entre tratamento acústico e isolamento acústico

Tanto o isolamento acústico quanto o tratamento acústico consistem em dois procedimentos que têm por intuito trazer conforto, evitando o excesso de ruídos capazes de afetar até mesmo a saúde das pessoas. No entanto, há distinções entre o isolamento e o tratamento.

– O isolamento acústico: Tem o objetivo de proteger o usuário dos ruídos que podem ser tanto de origem interna quanto externa. O isolamento acústico possui o intuito de impedir a entrada e também a saída dos sons entre os cômodos de uma residência, por exemplo. Além disso, o isolamento acústico (também chamado de sonoro) tem a capacidade de barrar os sons de dentro para fora, ou seja, uma característica muito utilizada em casas de shows, estúdios musicais, casa noturnas e outros estabelecimentos, tais como bares e restaurantes, que devem obedecer rigorosas leis a respeito de limites de barulho.

Hoje em dia é possível contar com materiais para a realização do isolamento acústico que podem ser utilizados em pisos, paredes, forros, tubulações hidráulicas e em outros cenários. De uma forma geral, estes materiais são partes integrantes de um sistema isolamento, sendo assim, na maioria dos casos, eles não ficam expostos no local.

Um exemplo de material para o isolamento sonoro é a lã de vidro, que consiste em um material de extrema relevância para assegurar o isolamento acústico entre os locais.

– O tratamento acústico: É o recurso utilizado com o objetivo de reduzir a reflexão das ondas sonoras em um mesmo local. De uma forma geral, o tratamento acústico reduz ou inibe completamente o nível do eco em um mesmo ambiente.

Sendo assim, o tratamento acústico tem a capacidade de melhorar o som que se propaga no local, o tornando em um nível adequado e compreensível para as pessoas que estão no espaço.

É possível aferir que o tratamento acústico é muito importante para locais que abrigam muitas pessoas, tais como salões de conferência, auditórios, salas de cinema, igrejas, teatros, entre outros ambientes.

Vale salientar que tanto o tratamento acústico quanto o isolamento acústico são elementos importantes até mesmo para a saúde das pessoas, pois o barulho em excesso acarreta uma série de malefícios, que vão desde problemas auditivos, até irritação e dores de cabeça.