Resumo sobre o Sol


O sol, por algumas religiões e períodos da antiguidade, é tão notável que já foi considerado até mesmo um Deus, principalmente com base na sua importância para que haja o desenvolvimento gradativo da vida humana, vegetal e dos animais de nosso planeta.

E certamente não temos como negar isso, uma vez que sem a presença dessa enorme estrela, pouquíssimas seriam as espécies do nosso mundo que sobreviveriam. O Sol é o grande responsável pela temperatura de nosso planeta, pelo processo de aquecimento, pela evaporação e por uma série de outros processos especialmente biológicos que mantém a vida de animais e plantas.

Sol

Mas é claro que não é por isso que a nossa exposição ao sol deve ser frequente. Quando em excesso, ele pode até mesmo causar alguns problemas para a saúde humana, como a insolação ou o câncer de pele. Isso porque, quando nossa exposição aos raios ultravioletas lançados pelo sol é muito alta – e sem o uso de bloqueadores ou protetores solares – os danos podem ser irreversíveis.

Resumo: tudo o que você precisa saber sobre o sol

O sol, no sistema solar, nada mais é do que uma grande estrela. Porém, com alguns diferenciais: ela é a estrela que está mais próxima da Terra, assegurando todas as condições que nós precisamos para manter a vida do planeta ativa.

Se tivéssemos que definir o sol em apenas algumas palavras, poderíamos concluir que, basicamente, ele é uma “bola de gás com temperaturas tão altas que chegam a ser inimagináveis – cerca de 5.785 K – e incandescente, capaz de influenciar a vida na Terra de forma agravante mesmo há milhões e milhões de quilômetros”.

Há cerca de 1,496 x 10³³ quilômetros da Terra, lá está ele, sendo composto por algo como 91% de hidrogênio, além de carbono, hélio e oxigênio.

Quais são as estruturas do sol?

• O sol conta com um núcleo, conhecido como a sua zona convectiva e radiativa onde o gás em ebulição de seu interior sobe até que consiga chegar a próxima camada, perdendo então sua característica de calor, voltando novamente a descer. É nesse núcleo que reações como a fusão entre átomos de hidrogênio acontecem.

• A fotosfera, por sua vez, é formada por grânulos que podem chegar a até 5 mil quilômetros de diâmetro. Essa é a parte superior da camada que falamos anteriormente. Quando o gás volta a descer, a aparência que ele ganha é de líquido borbulhando, motivo pelo qual pode chegar a formar algumas manchas solares no ambiente, ocasionados por conta da influência de seus campos magnéticos. É na fotosfera, então, que tanto o calor quanto a luz são originados.

• A cromosfera, por sua vez, é uma estrutura do sol composta por vários pontinhos brilhantes em sua superfície, sendo eles chamados de espículas. Eles chegam a até 7 mil quilômetros de altura, mas só podem ser observados e notados em meio aos fenômenos de eclipses solares.

• Por fim, há também a coroa solar, uma camada mais simples que é composta por neônio, níquel, átomos de ferro e o cálcio, que só o integra após passar várias vezes por um processo de ionização. Os estudos mais avançados sobre a coroa solar afirmam que essa parte do sol deve chegar a cerca de 1 milhão de graus Kelvin.

Ao redor do sol estão girando oito diferentes planetas que completam o sistema solar. Pesquisas na área afirmam que o sol surgiu há cerca de 5 bilhões de anos, ou seja, é a mais antiga estrela de todo o mundo.

O seu diâmetro é de cerca de 1,4 milhão de quilômetros e sua distância da Terra é tão grande que não temos nem porque se preocupar: cerca de 150 milhões de km.

Atualmente as principais instituições que trabalham estudando as atividades solares são a Agência Espacial Europeia e a NASA. As observações e pesquisas de ambas visam aprimorar nossos conhecimentos sobre a estrela, melhorando a qualidade de vida em âmbito global.

Algumas curiosidades sobre o sol

Certamente existem alguns mistérios interessantes que você gostaria de saber sobre o sol. Vamos lá?

• O sol é tão grande que chega a ser quase 110 vezes maior do que o planeta Terra, sendo também a mais quente e importante estrela que compõe o sistema solar;

• O seu peso também deve ser levado em consideração, já que consegue ser cerca de um milhão de vezes “mais pesado” do que o nosso planeta;

• A luz do sol demora cerca de 8 minutos para chegar até a Terra, em uma velocidade de 300.000 quilômetros por segundo;

• A energia que o nosso planeta recebe do Sol em apenas uma hora chega a ser maior do que toda a energia que consumimos dentro de um ano;

• Por fim, você sabia que foi criado um dia específico para essa estrela? Em todos os anos, o dia 3 de maio é dedicado exclusivamente para comemorar o dia do sol.