Marrocos: Vegetação


O assunto deste artigo vem de um lugar distante do globo. Você vai aprender tudo a respeito de Marrocos: vegetação e quais são as características da flora deste local tão diferente do nosso país.

marrocos-vegetacao

Quando pensamos no Marrocos, logo nos vêm à mente aquelas imagens de desertos sem fim, cruzados por camelos e nômades. Mas será que esta é a realidade de todo o país? Descubra a seguir.

O Marrocos

Antes de abordarmos o assunto Marrocos: vegetação, vamos aprender um pouco mais a respeito desta região tão interessante.

O Marrocos fica localizado no continente Africano, ao norte e a separação com a Europa se dá através do estreito de Gilbraltar. A oeste do Marrocos está o oceano Atlântico, a leste e sudeste encontra-se a Argélia e a nordeste, temos o mar mediterrâneo. O deserto do Saara também está próximo a sudoeste do país.

Em 1975, houve a integração do Saara Ocidental ao Marrocos, assim que a Espanha se retirou da região. Houve protestos internacionais e muitas discussões, já que a região também era reivindicada por outros povos.

Apesar de lembrarmos sempre do deserto, o Marrocos é predominantemente um país montanhoso e por isso sua vegetação sofre este tipo de interferência, como verá mais adiante neste artigo.

A proximidade com os oceanos também interfere no Marrocos: vegetação, já que proporciona um clima úmido e até um pouco frio devido os ventos que vêm das Ilhas Canárias.

Devido a tantos aspectos, a economia do Marrocos é também bastante variada e por mais incrível que pareça, também se baseia no que é possível produzir dentro do país. O Marrocos é um importante produtor e exportador de:

* Cevada,

* Batata,

* Trigo, e também

* Frutas cítricas.

Esta produção alimentar é tão importante para a economia que afeta diretamente o PIB – Produto Interno Bruto – da região e por sua vez, também altera um pouco da paisagem natural e da vegetação do Marrocos.

Toda esta riqueza na agricultura se dá devido ao clima variado da região e dos esforços do próprio país. O Marrocos é um dos únicos países africanos capazes de ser praticamente autossuficientes com relação à produção de seus próprios alimentos e matérias-primas para a indústria alimentar.

Apesar de a importância ser grande, os empregos que são gerados a partir destas plantações de alimentos ficam somente em torno de 30%.

Agora que você conhece algumas características geográficas e de clima do Marrocos, vai ficar mais fácil compreender a riqueza e variedade de sua vegetação. A seguir, aprenda finalmente a respeito de uma das características mais interessantes do Marrocos: vegetação.

Marrocos: vegetação

Podemos dizer de forma geral, que a vegetação do Marrocos é predominantemente mediterrânea, com suas montanhas e plantas do tipo alpinas. Por lá é possível encontrar:

* Zimbral

* Cedro

* Carvalho Verde

* Tuia

* Entre outras.

Mas não só de montanhas a geografia do Marrocos é feita. Por isso, nas regiões onde é possível encontrar planícies, é possível encontrar plantas como o argão, o sobreiro, a oliveira e o lentisco.

É possível ainda encontrar estepes no Marrocos, principalmente localizadas no interior do país. Por lá se encontra facilmente uma vegetação onde as palmeiras são predominantes, assim como a armósia e a alfa.

Pode parecer algo quase impossível, mas o Marrocos possui bosques muito antigos, totalmente verdes devido às plantas coníferas. Há ainda bosques localizados em regiões bastante áridas, estes ricos em argânias. São famosos também os bosques marroquinos de acácias, mamonas e nos quais é possível também encontrar eucaliptos, e muitos hectares repletos de sobreiros.

A vegetação do Marrocos ainda pode surpreender de outras formas. Já que nas estepes é possível encontrar a açofeira espinhosa, o alfóstigos do Atlas, a tawarza, a artemisa branca e o arbusto de látex.

Como o Marrocos possui deserto, é comum que também existam Oásis. Nestes locais, é possível encontrar uma vegetação diferente, com mais de 25 diferentes espécies de palmeiras.

Entre as espécies mais comuns de palmeiras no Marrocos, podemos citar a datileira, que é capaz de alcançar alturas de até 30 metros. Apesar de exuberante, esta palmeira não costuma ter uma vida muito longa, chegando a no máximo 5 anos.
Esta palmeira abundante no Marrocos, a datileira, é tão importante para o país que seu fruto é um produto de exportação, o dátil, conhecido e muito utilizado em diversas partes do mundo.

Devido a este valor importante para a economia do país, há mais de 80 mil hectares de plantação de datileira, que resulta em números que podem ultrapassar 5 milhões de palmeiras plantadas, que são renovadas a cada cinco anos.

Ou seja, podemos dizer que o Marrocos é um país bastante diferenciado e que proporciona uma infinidade de belezas para quem o conhece. Agora que você já sabe mais a respeito de Marrocos: vegetação, poderá compreender que o país vai muito além de desertos e paisagens nas quais se predomina a ausência de verde.