Resumo da cultura brasileira


Podemos dizer que a cultura brasileira é consequência da mistura de variados grupos étnicos que contribuíram para que a população do Brasil fosse formada. Além disso, a cultura brasileira e toda a sua diversidade é consequência das características e da grande extensão do território em cada região do nosso país.

A formação da cultura brasileira

Apesar do Brasil ter recebido influência de diversos imigrantes, foi dos portugueses que herdamos grande parte de nossa cultura, já que a história dos imigrantes de Portugal acaba se confundindo com a nossa própria história. Isso porque, foram eles que colonizam o território brasileiro, e por isso, os grandes responsáveis pelo processo inicial de formação da nossa população, através da miscigenação de negros africanos e de índios, que aconteceu principalmente do ano de 1500 a 1808. Em suma, isso aconteceu porque durante esses três séculos, a entrada dos europeus era liberada.

Tempos depois, os poloneses, os japoneses, os árabes, os italianos e os alemães também acabaram contribuindo para a disseminação da pluralidade cultural brasileira.

cultura brasileira

A cultura brasileira nas regiões do Brasil

A região Nordeste do Brasil, apresenta diversas festas típicas e também manifestações no campo cultural. Entre elas, destacam-se o carnaval, a marujada, a cavalhada, a festa do bumba meu boi, os caboclinhos, a ciranda, o reisado, a capoeira, o frevo, o maracatu, a ciranda, o terno de zabumba e o coco. Na religião, destacam-se o ritual de lavagem das escadarias do Bonfim e a Festa de Iemanjá. No artesanato, destacam-se os trabalhos feitos com renda. A carne de sol, a broa de milho verde, o pé de moleque, a canjica, os peixes, a buchada de bode, a cocada, a pamonha, a tapioca, os frutos do mar, o cururu, o arroz doce, o bolo de massa de mandioca, o acarajé, o sarapatel, a canjica, o vatapá, o bolo de fubá cozido e o feijão verde.

No norte do Brasil, a quantidade e eventos que existem no ramo cultural é enorme. Duas das festas mais conhecidas são o Festival de Parintins, também conhecida como festa de boi bumbá, que acontece no Amazonas, no mês de junho, e a Festa do Círio de Nazaré, que acontece em Belém, no estado do Pará. A Folia de reis, o carimbo, a festa do divino, o congo e a congada, também são caracterizados como sendo outros elementos da cultura dessa região.

No quesito culinária, é forte a influência dos povos indígenas, que tem como base o uso de peixes e de mandioca. O camarão seco, a carne de sol, a pimenta de cheiro, o jambu (uma espécie de erva), a tacacá (um tipo quente de sopa feita com tucupi) e tucupi (um caldo da mandioca cozida) são outros alimentos bem típicos do Norte.

Na região Centro-Oeste do Brasil, a cultura também é bem diversificada, já que recebeu influência dos paulistas, dos bolivianos, dos indígenas, dos mineiros e dos paraguaios. Nas festas típicas, podemos destacar o cururu, que acontece em Mato Grosso do Sul e em Mato Grosso, o fogaréu e a cavalhada, que acontece no estado de Goiás. No campo da culinária dessa região, fazem parte dos pratos típicos o arroz carreteiro, o empadão goiano, o cural, o arroz boliviano, o arroz com pequi, a maria isabel, a sopa paraguaia, o angu, a pamonha e os peixes do Pantanal, como o pacu, o pintado, o dourados e tantos outros.

Na região Sudeste, se destacam na cultura as congadas, o samba de lenço, o caiapó, a festa do peão de boiadeiro, a festa do divino, a festa dos santos padroeiros, a festa do bumba meu boi, a festa de Iemanjá, o carnaval, os festejos da época de páscoa, as cavalhadas, o batuque, a dança de velhos e também a folia de reis. Nesta região brasileira, a culinária tem forte influência dos índios, dos imigrantes da Ásia e da Europa e dos escravos. Além disso, ela é conhecida por ser bem diversificada, onde nos pratos típicos podemos destacar o pão de queijo, o cuscuz paulista, a pizza, a feijoada, a moqueca capixaba, a carne de porco, o bolinho de bacalhau, o virado à paulista, a farofa, o feijão tropeiro, o aipim frito, etc.

A região Sul do Brasil apresenta aspectos da cultura dos imigrantes espanhóis, portugueses e principalmente, os italianos e os alemães. As festas mais conhecidas são a Oktoberfest, realizada em Blumenau, tipicamente alemã, e a Festa da Uva, tipicamente italiana. Além disso, são conhecidas as festas: de Nossa Senhora dos Navegantes, a dança de fitas, a congada, o boi na vara, o boi de mamão, o anuo e a tirana, com origem da Espanha, e o fandango de origem portuguesa. Na culinária o destaque fica à conta do chimarrão, do marreco assado, do vinho, do camarão, do churrasco, do pirão de peixe e do barreado (um tipo de carne cozida em panela de barro).