Resumo Dia das Mães


O Dia das Mães, também conhecido em alguns países unicamente como ‘Dia da Mãe’, é uma data comemorativa que visa homenagear a maternidade, e consequentemente, as mães.

Resumo Dia das Mães

Muitos países comemoram o Dia das Mães no 2º domingo de maio (como é o caso do Brasil e de outros que veremos a seguir). Porém, tudo vai depender da nação: a data também pode ser comemorada no 1º domingo do mês ou até mesmo em outros meses, como março, junho ou dezembro.

Ficou curioso (a) para conhecer mais sobre o assunto? Fique com a gente neste artigo e saiba tudo sobre o Dia das Mães, sua origem, curiosidades e outros fatos.

Histórico Dia das Mães

No Brasil e em muitos outros países, o segundo domingo do mês de maio é uma data reservada para passar com a pessoa mais especial do mundo: a própria mãe, ou seja, a pessoa que lhe concedeu a vida.

Não à toa, a data também é sinônimo de amor, carinho, afeto e troca de presentes. Reforçar os vínculos entre as famílias é uma das principais razões pelas quais a data foi criada.

Como e onde tudo começou?

Basicamente, a mais antiga homenagem para as mães é mitológica.

Na civilização da Grécia Antiga uma homenagem era prestada à Rhea (mãe dos deuses) no primeiro dia da primavera de cada ano. Sendo assim, este é o primeiro registro que justifica o costume de adoração às mães.

Já na Ásia Menor foi quando a adoração das mães foi formalizada pela primeira vez. Eram realizadas, anualmente, dois tipos de cerimônia: uma para Cibele e outra para Rhea (considerada a Grande Mãe dos Deuses). A comemoração era feita sempre no início do mês de março.

Nos EUA a primeira vez em que uma data foi criada para comemoração ao dia das mães foi em 1858. O “Mothers Days Works Clubs” foi uma ideia da ativista feminista Ann Maria Reeves Jarvis.

O objetivo da criação da data era acabar com a mortalidade infantil – principalmente em famílias de trabalhadores. No ano de 1865, Jarvis criou o primeiro “Mother’s Friendship Days”, que na tradução literal significa “dias de amizade entre as mães”. A razão para tal era estimular a amizade entre as mães e fazer com que elas se unissem para fazer curativos em feridos norte-americanos da Guerra de Secessão.

Um pouco depois, em 1870, foi a vez de Julia Ward Howe, escritora estadunidense, de fazer seu manifesto em favor das mães. Ela criou o ‘Mother’s Day Proclamation’ com o objetivo de estimular o desarmamento e a paz depois de terminado o período da Guerra da Secessão.

O dia das mães como conhecemos hoje, por sua vez, foi idealizado por Ann Maria Reeves Jarvis – porém, apenas no ano de 1907. A ativista criou um memorial para homenagear a sua mãe dois anos após o seu falecimento, o que a faz criar uma campanha para reconhecimento do dia das mães como feriado.

Jarvis conseguiu o que queria em 8 de maio de 1914, quando o primeiro dia das mães foi comemorado nos EUA. No Brasil, o segundo domingo de maio é uma data oficializada desde o Governo de Getúlio Vargas, em 1932.

Mais informações e curiosidades sobre o Dia das Mães

Alguns países comemoram o dia das mães em uma data fixa, enquanto outros, em datas variáveis do mês.

As datas fixas para comemoração do Dia das Mães são as seguintes:

  • 8 de dezembro: nesta data, comemora-se o Dia das Mães não oficialmente no Panamá;
  • 12 de agosto: Tailândia;
  • 15 de agosto: Costa Rica e Bélgica (sendo a data conhecida como ‘Assunção de Maria’);
  • 8 de junho: Luxemburgo;
  • 10 de maio: Guatemala, Malásia, México, Bahrein, Qatar, Índia e Singapura;
  • 26 de maio: Polônia;
  • 15 de maio: Paraguai;
  • 27 de maio: República Dominicana e Bolívia;
  • 21 de março: Egito, Emirados Árabes Unidos, Síria, Kuwait e Arábia Saudita;
  • 8 de março: Rússia, Albânia, Romênia, Montenegro, Sérvia, Butão, Bulgária e Moldavia;
  • 3 de março: Geórgia;
  • 7 de abril: Grécia.

Por outro lado, as datas variáveis para comemoração do Dia das Mães são:

  • No segundo domingo do mês de fevereiro: na Noruega;
  • No terceiro domingo do mês de outubro: Bielorrússia e Argentina;
  • No começo do mês de outubro: na Índia;
  • No último domingo do mês de maio: na França, Suécia e na cidade de Cúcuta (localizada em território colombiano);
  • No primeiro domingo do mês de maio: Hungria, Moçambique, Portugal, Espanha, Lituânia, Cabo Verde e Angola.

Por fim, no segundo domingo do mês de maio é quando o Dia das Mães é comemorado não só no Brasil, como em uma grande variedade de nações, sendo elas: África do Sul, Bélgica, Chile, Colômbia, Alemanha, Panamá, Itália, Canadá, Países Baixos, Áustria, Suíça, Turquia, Venezuela, Austrália, China, Dinamarca, Estônia, Grécia, Japão, Cuba, Nova Zelândia, Peru, Formosa, Estados Unidos da América e Finlândia.

Na Antiga Iugoslávia, o Dia das Mães é comemorado duas semanas antes do Natal, enquanto no Líbano e na Palestina, no primeiro dia da Primavera. Ambas as datas são as únicas variáveis no ano para homenagem às mães.