Resumo dos Incas


Os incas foram os povos que habitaram uma determinada parte da América do Sul, em especial, a região da Cordilheira dos Andes. Os países habitados por esses povos foram: Chile, Bolívia, Peru e Equador. No século XIII foi fundada a própria capital do império desses povos: a sagrada cidade de Cusco, que hoje, é a capital arqueológica de toda a América Latina. Tais povos foram extintos quando os espanhóis os dominaram, no ano de 1532.

Como foi o império inca

O imperador do povo Inca, que era chamado de Sapa Inca, era considerado como um verdadeiro deus na Terra por todo o seu povo.

Incas

A sociedade nessa época era totalmente hierarquizada, sendo ela formada então pelos nobres, povo composto pelos chefes militares, governantes, sacerdotes e juízes de uma forma geral, além da camada média da sociedade, formada pelos trabalhadores especializados e funcionários públicos, e por fim, a classe mais baixa, que era aquela composta pelos camponeses, pequenos comerciantes e artesãos.

A última (e também mais humilde) camada da sociedade ainda era a responsável por arcar com altos tributos para o rei, que eram pagos por meio de suas mãos de obra em construções de caráter público ou por meio de mercadorias.

Um dos grandes destaques para a vida dos incas certamente é em relação à arquitetura, em que esse povo sempre marcou grandes diferenciais. Sendo assim, na arquitetura, os incas foram responsáveis por construções marcadas por grandes blocos de pedras, uma encaixada na outra. Essa era a principal matéria prima para a construção de casas, templos, palácios e outras obras de uma forma geral.

A cidade onde atualmente fica o Macchu Picchu foi onde o povo Inca realmente se desenvolveu. Dessa forma, devemos destacar que a cidade só foi encontrada em 1911, revelando junto com a descoberta toda a eficácia da estrutura urbana desenvolvida por essa sociedade.

Além da arquitetura, esse povo também merece destaque no que diz respeito à agricultura, que era extremamente bem desenvolvida por meio da plantação de feijão, batata e milho. As plantações eram realizadas em terraços, que nada mais eram do que degraus formados por algumas costas em montanhas. Além disso, toda a movimentação do rio era desviada para as aldeias por meio dos canais de irrigação desenvolvidos por essa civilização.

A arte foi um destaque no que diz respeito aos objetos produzidos em materiais de prata, ouro, além de muitas joias e produtos para decoração em tecido.

Curiosidades interessantes do povo inca

Tanto para a própria alimentação como também para utilização como meio de transporte, as lhamas foram domesticadas pelos povos incas. Os animais que são da família dos camelos eram utilizados tanto para transporte como também para retirada de leite, carne e lã. Além desse animal, as vicunhas e alpacas também foram domesticadas por essa sociedade.

A religião desse povo também era bem complexa, sendo o principal e mais adorado Deus o Sol, ou seja, o Deus Inti. Porém, alguns animais também eram cultuados por serem considerados sagrados, como é o caso do jaguar e do condor. O criador de tudo para esses povos era o Viracocha, que fazia parte do antepassado desses povos.

Além disso, os indicas também davam muito valor para os elementos da natureza. Por mais que o destaque fosse para o sol, a lua, a própria terra e até mesmo os raios também tinham um significado especial para esses povos.

Para os incas, cada uma de suas conquistas deveriam ser retribuídas aos deuses, no caso, por meio dos sacrifícios – tanto de animais como o dos próprios seres humanos. A religião inca também levou esses povos a construírem inúmeros templos, que eram chamados de huacas. As huacas deveriam ser extremamente respeitados e estavam dispostos por todas as regiões dominadas pelos incas.

A economia dos incas

Outro assunto que merece um destaque especial é no que se refere ao próprio sistema de economia criado por esses povos. Nesse modelo, todos os níveis da sociedade (até mesmo a classe média) deveriam arcar com os tributos para o imperador da sociedade inca.

Ao invés de criar uma moeda própria para estabelecer a negociação entre as classes, o povo inca realizava as suas operações por meio de troca de escambos ou de mercadorias de uma forma geral. Sendo assim, o próprio trabalho era pago unicamente com comida, suprimentos e mercadorias.

Como já dito anteriormente, um dos grandes destaques dessa sociedade é no que se refere à agricultura como principal atividade de caráter econômica. Mas, além dela, o povo inca também mantinha sua economia em pé por meio da caça. A caça era então a atividade capaz de garantir o fornecimento de couro, carne e demais plumas que eram utilizadas em seus tecidos. Esse tipo de atividade era realizada sempre em grupos, e entre os animais caçados com maior frequência podemos destacar os cervos, peixes e aves.