Matéria, Substância e Misturas


Substância e Misturas

A matéria é um dos principais objetos de estudo da química. Define-se matéria como tudo que apresenta massa, seja na forma líquida, sólida ou gasosa e ocupa lugar no espaço. Em outras palavras, matéria é tudo aquilo que tenha existência física ou real. Tanto uma pedra, quanto a água ou um gás constituem uma matéria.

A matéria é constituída por uma substância, que pode ser pura ou produto da mistura de duas ou mais substâncias. A matéria pode, portanto, ser uma substância ou uma mistura. As substâncias podem ser simples ou compostas. As misturas podem ser homogêneas ou heterogêneas.

Substâncias puras

As substâncias puras são aquelas formadas por um único tipo e constituinte (moléculas, átomos, etc.).

Possuem ponto de fusão e ebulição constantes perante uma determinada pressão. Possuem, também, densidade bem definida em determinada condição de temperatura e pressão.

Substâncias simples

São substâncias compostas por moléculas ou átomos de um único tipo, como o oxigênio (O2), o hidrogênio (H2) e o gás hélio (He).

Substâncias compostas

São aquelas que contêm moléculas de mais de um elemento, sendo o mais conhecido caso o gás carbônico (CO2).

Misturas

É o produto da união de duas ou mais substâncias puras. A densidade da mistura é variável, dependendo da quantidade de cada um dos componentes. A mistura não possui ponto de fusão e ebulição constantes.

Misturas homogêneas

São aquelas misturas que possuem uma forma única, não sendo possível distinguir ou perceber que se trata de uma mistura. O ar é um bom exemplo, pois contêm nitrogênio e oxigênio, o álcool etílico (etanol e água) é outro exemplo.

As misturas homogêneas não podem ser separadas por meio de métodos físicos e não podem ser percebidas nem mesmo com uso de microscópio.

Misturas heterogêneas

Pode-se dizer que são as “misturas que não se misturam”. Ou seja, de alguma forma, mesmo que por meio de um microscópico, é possível perceber que há duas substâncias distintas na matéria.