Pressão, Temperatura e Superfície de Contato em uma Reação e Óxidos, Peróxido e Hidretos


Pressão, Temperatura e Superfície de Contato em uma Reação

Alguns fatores externos podem aumentar ou diminuir a velocidade de uma reação química. Alguns deles são a temperatura, a pressão e a superfície de contato.
Temperatura
A temperatura diz respetio à agitação das moléculas. Quanto mais calor, mais agitadas elas estão.
Por essa razão, quando aumenta a temperatura, aumenta também a energia cinética das moléculas, então, elas se movimentam mais e, consequentemente, se chocam mais e com mais energia.
Isso faz com que se diminua a energia de ativação e, assim, aumenta o número de colisões efetivas. Portanto, a velocidade da reação também irá aumentar.
Então, o aumento da temperatura aumenta a velocidade das reações.

Superfície de contato
A área de contato entre os reagentes interfere na velocidade das reações químicas, pois, quanto maior a superfície de contato, maior é o número de moléculas reagindo. Portanto, maior será o número de colisões eficazes, aumentando a velocidade da reação.
Então, quanto maior a superfície de contato, maior a velocidade das reações.

Pressão
A pressão é a razão entre força e área. Com o aumento da pressão em um recipiente, diminui-se o volume e, assim, aumenta a concentração dos reagentes. Com isso, as moléculas se chocam mais, aumentando o número de colisões e, portanto, aumenta a velocidade da reação.
Então, o aumento da pressão aumenta a velocidade das reações.

Óxidos
Óxidos são as substâncias que possuem oxigênio ligado a outro elemento químico. Também são compostos binários, formados pela combinação de dois elementos, em deles, é claro, será sempre o oxigênio (O).
Os óxidos são classificados em três diferentes grupos: ácidos, básicos ou peróxidos.

Peróxidos
Os peróxidos são compostos que apresentam em sua estrutura o grupo (O2)² . Ao reagirem com água, produzem água oxigenada (H2O2).

Hidretos
E os hidretos são compostos inorgânicos hidrogenados, os quais apresentam o hidrogênio como o elemento mais eletronegativo.