Radiação: Leis de Soddy, Desintegração e Semidesintegração


Desintegração e Semidesintegração

Radiação é um termo físico que descreve a propagação de energia de determinado ponto a outro, a qual ocorre por meio de partículas ou ondas eletromagnéticas.

Pode ser obtida de forma artificial (atividades industriais e procedimentos médicos) ou natural (luz solar, por exemplo). Além disso, a radiação interage com os corpos, depositando neles energia.

Leis de Soddy

Também chamadas de Leis da Radioatividade, as Leis de Soddy levam o nome do químico inglês que as propôs em 1911. Buscam explicar a emissão de radiações a partir de átomos instáveis, isto é, cujo número atômico (número de prótons) é igual ou superior a 84.

A primeira lei refere-se ao decaimento radioativo causado pela emissão de uma partícula alfa (α), constituída por dois nêutrons e dois prótons. Quando isso ocorre, o átomo transforma-se em outro elemento químico, pois tanto seu número atômico (Z) quanto seu número de massa (A) diminuem (duas e quatro unidades, respectivamente).

Equação química:

ZXA → 2α4 + Z-2YA-4

Já a segunda lei trata da mudança que ocorre no núcleo atômico quando há emissão de uma partícula beta (β), isto é, um elétron emitido pelo núcleo. Dessa forma, forma-se um novo elemento químico com mesmo número de massa e número atômico com uma unidade a mais.

Equação química:

ZXA → -1β0 + Z+1YA

Desintegração e semidesintegração

Outros termos utilizados para descrever processos radioativos são desintegração e semidesintegração. O primeiro, também chamado de decaimento radioativo, refere-se à transformação de um átomo de núcleo instável em outro quando ocorre emissão de radiação.

Há três tipos de radiações envolvidas no processo:

– Radiação alfa (α);
– Radiação beta (β);
– Radiação gama (γ) – não apresenta número atômico e de massa.

Também existem três tipos de desintegração radioativa:

– Decaimento alfa (Primeira lei de Soddy);
– Decaimento beta (Segunda lei de Soddy);
– Decaimento gama – átomo permanece com mesmo número atômico e de massa.

Semidesintegração, por sua vez, ou meia-vida, é o tempo necessário para desintegrar metade dos átomos radioativos de um material. O processo ocorre por meio de sucessivas desintegrações.