Tipos de Reações Inorgânicas: Síntese, Análise e Deslocamento


As reações químicas podem ser classificadas, com base em vários critérios.

critérios 1 – Quanto à Velocidade em que a Reação Ocorre
a) Lentas: a velocidade de forma­ ção dos produtos é lenta. Exem­plo: H2(g) + O2(g) -> H2O(g)
b) Rápidas: a velocidade de forma­ção dos produtos é rápida. Exemplo: NaOH(aq) + HCe(aq) -> Nace(aq) + H2o(e)

Tipos de Reações Inorgânicas

Critério 2 – Quanto is Trocas de Calor entre Reagentes e Meio Ambiente
a) Exotérmicas: reagentes, ao se transformarem em produtos, libe­ram calor para o meio ambiente. Exemplo: H2(g) + °2(g) -> H2O(g) + calor.
b) Endotérmicas: reagentes, ao se transformarem em produtos, ab­sorvem calor do meio ambiente. Exemplo:HgO(s) + calor -> Hg(e) + O2(g)

Critério 3 – Quanto à Variação da Complexidade das Substâncias Envolvidas. Esta é a classificação que nos in­teressa no momento.

Reação de Síntese ou Adição ou Combinação

É aquela em que dois ou mais reagentes se unem para formar um único produto.
C + O2   ->    CO2
2 reagentes    1 produto
2NH3 -> 1N2 + 3H2
1 produto 2 reagentes

Exemplo:

A fabricação do ácido sulfúrico ocorre em três etapas, sendo as três classificadas como reações de síntese (síntese do SO2)
2a) SO2 + 1/2O2->SO3 (síntese do SO3)
3a) SO3 + H2O -> H2SO4 (síntese do H2SO4)

Reação de Análise ou Decomposição

É aquela em que um único rea­gente transforma-se em dois ou mais produtos.

H2CO3   ->   CO2 + H2O
1 reagente        Vários produtos
NH4OH   ->   NH3 + H2O
1 reagente       Vários produtos
2NaHCO3-> Na2CO3 + H2O + CO2
1 reagente                 Vários produtos

Algumas reações de análise re­cebem nomes especiais:

• Pirólise – Decomposição pelo calor. Exemplos: Obtenção da cal virgem
• Pirólise do calcário: CaCO3 4 CaO + CO2 –  Obtenção do oxigênio em labo­ratório pela pirólise do clorato depotássio:
– Obtenção do nitrogénio em labo­ratório pela pirólise do nitrito de amônio: NH4NO2 4 N2 + 2H2O
Fotólise – Decomposição pela luz. Exemplo: H -> H2o + y

Observação: É por essa razão que frascos contendo H2O2 são feitos de vidro es­curo. • Eletrólise – Decomposição pela passagem da corrente elétrica.

Reação de Deslocamento ou Simples Troca

Ocorre quando uma substância simples, ao reagir com uma substân­cia composta, desloca desta uma nova substância simples. Uma característica desse tipo de reação é que no reagente há sempre uma substância simples e uma com­posta. O mesmo se repete nos pro­dutos.
Podem ser representadas da se­guinte maneira:
a)  A + BC -> AC + B. Dizemos que A deslocou B.
Exemplo:
Zn + CuSO4 -> Cu + ZnSO4
O zinco deslocou o cobre.

b) A + BC -> BA + C
Dizemos que A deslocou C.
Exemplo: CCg + Na2S-> 2NaCG+S O cloro deslocou o enxofre.

Experiência 1

Uma lâmina de zinco (Zn(S)) foi mergulhada numa solução de sulfa­to de cobre (CuSO4(aq)). A reação ocorrida é representada pela seguin­te equação:
Conclusão: A reação ocorreu porque o metal zinco é mais reativo que o metal cobre. O zinco deslocou o cobre.

Experiência 2

Uma lâmina de cobre (CU(S)) foi mergulhada numa solução de sulfato de zinco (ZnSO4(aq)). Não se obser­vou nenhuma reação.
CU(S) + ZnSO4(aq) -» nada se observa.ç Conclusão: A reação não ocorreu porque o metal cobre é menos reativo que o metal zinco. O cobre não deslocou o zinco.

Experiência 3

Uma lâmina de cobre (Cu/S)) foi mergulhada numa solução de nitrato de prata (AgNO3(aq)). A reação ocorri­da é representada pela seguinte equação:
Cu(s) + 2AgNO3(aq) -> Cu(NO3)2(aq) + 2Ag(s). Conclusão: A reação ocorreu porque o metal cobre é mais reativo que o metal prata. O cobre deslocou a prata.

Experiência 4

Uma lâmina de prata (Ag(sp foi mergulhada numa so­lução de nitrato de cobre (Cu(NO3)2(aq)). Não se obser­vou nenhuma reação.
A9(s) + Cu(NO3)2(aq) -» nada se observa. Conclusão: A reação não ocorreu porque o metal prata é menos reativo que o metal cobre. A prata não deslocou o cobre. Assim, por meio de várias experiências, como as descritas acima, os químicos montaram uma fila de reati­vidade química dos metais:

Na + H2O -» NaOH + 1/2H2
Mg + 2H2O -> Mg(OH)2 + H2

Nos dois casos, houve deslocamento do cátion hidrogênio quando o metal presente era mais reativo.

Deslocamento Envolvendo Não-Metais

Experiência 5

Adiciona-se gás cloro (CG^g)) a uma solução de bro­meto de sódio (NaBr^q)). A reação ocorrida é represen­tada pela seguinte equação: CC2(g) + NaBr(aq) ~» NaCfyaq) + Br2(e). Conclusão: A reação ocorreu porque o não-metal cloro é mais reativo que o não-metal bromo. O cloro des­locou o bromo.

Experiência 6

Adiciona-se bromo líquido (Br2^) a uma solução de clo­reto de sódio (NaCfyaq)). Não se observou nenhuma reação. Brotfs + NaCÍLrrt -> nada se observa. Conclusão: A reação não ocorreu porque o não-me­tal bromo é menos reativo que o não-metal cloro. O bro­mo não deslocou o cloro.

Assim, por meio de várias experiências, como as descritas acima, os químicos montaram uma fila de reatividade química dos não-metais. Interpretação: O não-metal situado à esquerda na fila (mais reativo) desloca o da direita (menos reativo).

Aumenta a nobreza
interpretação. O metal situado à esquerda na fila (mais reativo) desloca o da direita (menos reativo).
Exemplos:

Metais com ácidos:
Na + HCe^NaCe+1/2H2
Ca + 2HBr-> CaBr2 + H2
Ag + H2SO4 -» não ocorre

Metais com água:

Os metais alcalinos e alcalinos-terrosos reagem vio­lentamente com a água a frio, exceto o magnésio. Nos casos acima, houve deslocamento devido à maior reatividade do não-metal (o cloro é mais reativo que o iodo e o flúor mais reativo que o cloro).