Estilos Artísticos: Estilos Artísticos: Expressionismo, Cubismo, Futurismo, Dadaísmo e Surrealismo


Estilos Artísticos

O estilo artístico é o que define e diferencia a obra ou o movimento artístico perante os demais. Cada estilo artístico é uma experiência estética que se afirma e se insere no universo dos instrumentos disponíveis para o processo de criação artística.

Vários movimentos artísticos marcaram as artes plásticas no século XX, produzindo artistas consagrados, como Pablo Picasso e Salvador Dalí. Vários desses movimentos influenciaram outras formas de arte, principalmente a literatura.

Expressionismo

O Expressionismo é um movimento surgido na Alemanha no começo do século XX, sendo contemporâneo do Fauvismo francês. Trata-se de um movimento que abriu as portas para as vanguardas que povoariam o século XX.

A essência do Expressionismo é retratar a visão do artista acerca da realidade retratada, incluindo no processo criativo o subjetivismo. O Expressionismo retrata o contexto social e histórico pelo qual passava a Europa naquele período.

Cubismo
A obra Les demoiselles d´Avignon, de Pablo Picasso, é considerada o marco inicial do Cubismo.

Esse movimento introduz o traçado geométrico como traço estético. Ao contrário do expressionismo, afasta-se da realidade. A ideia de uma obra cubista é a de um espectador a observar um determinado objeto por vários ângulos.

Futurismo

O Futurismo é praticamente contemporâneo do Cubismo e do Expressionismo, embora deles se distancie ideologicamente. Esse movimento tinha como premissa a abstração, o lúdico, imagens sobrepostas, contraste e cores vivas.

Os Futuristas vislumbravam o design como forma de arte futurista e negavam a moral e o passado.

Dadaísmo

O Dadaísmo é um movimento contemporâneo da Primeira Guerra Mundial, que contestava o conflito. O principal traço cultural desse movimento é a negação da lógica. A desordem estava presente nos traços da pintura e na literatura, opondo-se a qualquer padrão existente.

Surrealismo

O Surrealismo é a negação do positivismo artístico e ressalta o papel do inconsciente no processo criativo. A ideia da arte surrealista é entregar uma atmosfera que envolve abstração, os sonhos e os desejos.

Assim como os demais movimentos vanguardistas do século XX, o Surrealismo abriu espaço para novas abordagens criativas, sempre com ênfase na visão do artista sobre a realidade, ora colocando a percepção intelectual, ora o coração, os valores ou a própria alma.