Resumo sobre a avenida Broadway


A Broadway é a avenida mais famosa do mundo e corta a cidade de Nova Iorque, ligando o condado de Manhattan ao Bronx, atravessando também a Times Square. Como já existia antes de 1811, época da criação do Commissioner´s Plan, um traçado viário em ortogonal que caracteriza a cidade, a Broadway se destaca e é diferenciada. Mas o principal motivo da fama atual da avenida é sua vocação com a arte. O local tem 43 teatros, a maior parte recebe musicais, que tendem a ficar em cartaz por anos e atraem pessoas de todo o mundo.

Resumo sobre a avenida Broadway

Broadway, O Centro Mundial do Teatro

O distrito de Lincoln Center, no centro de Manhattan, Cidade de Nova Iorque, possui 43 teatros de diversos tamanhos e perfis. Neles, há o mais alto nível de teatro da língua inglesa, com produções impecáveis.

A Broadway e seus teatros são a principal atração turística da cidade e há peças com ingressos esgotados pelos próximos dois anos. A arrecadação tem a dimensão de seu sucesso: a última temporada, que terminou no final de maio de 2016, teve um lucro de U$1.373.253.725 de bilheteria.

Tamanha procura fomenta toda a região e criou outros circuitos como o Off Broadway, com apresentação de peças alternativas, teatros menores de 100 a 499 acentos, mais baratas, em geral experimentais de novos autores e propostas, que mesmo sem a preocupação de fazer grande sucesso, tem seu público cativo. Inclusive, algumas pessoas que estrearam no Off Broadway ganharam temporada na Broadway como Rent, Avenue Q e Little Shop Horrors. A peça com maior tempo em cartaz do mundo também faz parte do Off Broadway, The Fantasticks, com temporada de 42 anos.

Um circuito ainda menor que o Off Broadway é o Off Off Broadway. São 30 salas com menos de cem lugares, apresentando peças e performances amadoras ou profissionais.

A História da Broadway

Apesar de sua história antiga com o teatro, esse sucesso avassalador tem pouco tempo. Até quinze anos atrás, a avenida tinha pouca segurança e muitos viciados circulando em suas esquinas. Até que uma reforma completa transformou o Theatre District definitivamente.

A tradição teatral vem desde o século XIX, que se pronunciou a partir da criação do projeto urbanístico Commissioner´s Plan, que manteve a avenida e a tornou a principal de Nova Iorque, com ruas numeradas a cortando.

Inicialmente, a Broadway abrigava concertos de música gospel e de blues, que em pouco tempo começou a ser frequentada por intelectuais da época. A partir de 1900, com a criação do metro e da Times Square, o comércio da região estourou e incentivou ainda mais o movimento da Broadway.

A primeira peça teatral que incluía música em harmonia com o texto foi Show Boat, em 1927, com 572 apresentações. A era de ouro dos musicais da Broadway começou em 1943, com a estréia de Oklahoma, o primeiro mega sucesso, para se consagrar definitivamente com Hair, em 1968. A partir dele, surgiram os blockbuster, com mais de duas mil apresentações, que só cresceu com o tempo.

Clássicos como Carousel, de 1945, My Fair Lady, de 1956, West Side Story, de 1957, The Sound of Music, de 1959 e Hello, Dolly, de 1964, começaram a ganhar remontagens que são até hoje encenadas.

Outros grandes sucessos surgiram a partir da década de 70, como Jesus Christ Superstar e Godspell, de 1971 e Dreamgirls, em 1981.

Grandes Espetáculos

As luzes neon dos cartazes de teatro chamam atenção nas proximidades da Times Square, contrastando com os edifícios enormes e acinzentados e os famosos táxis amarelos cortando a avenida. Tudo para mostrar que ali é a parte mais animada de Nova Iorque.

A estrutura dos teatros favorecem os turistas, já que muitos espetáculos em cartaz possuem audioguia em diversas línguas, permitindo a compreensão do texto para estrangeiros que não falam fluentemente inglês.

O Teatro Broadway já foi cenário do filme King Kong e muitos dos atores mais importantes do mundo já se apresentaram em seu palco.

É o público, aliado aos críticos, quem determina o tempo que um espetáculo ficará em cartaz. Isso porque tudo ali é pensado na atração do público, em produções que atendam ao gosto da massa e torne a ida a um dos teatros da avenida um grande acontecimento.

Muitos sucessos cinematográficos já foram recriados para musicais, assim como musicais famosos se tornaram filmes em Hollywood. Mas os símbolos máximos de sucesso da Broadway são os 10 espetáculos que mais tempo ficaram em cartaz: O Fantasma da Ópera, com 25 anos; Cats, com 18 anos; Chicago, com 17 anos; Les Miserables e Rei Leão, com 16 anos; A Chorus Line, com 15 anos; Oh!Calcutta e A Bela e a Fera, com 13 anos; Rent e Mamma Mia!, com 12 anos.

Da lista, Mamma Mia!, Rei Leão, Chicago e O Fantasma da Ópera continuam em cartaz, com a bilheteria sempre esgotada.