Resumo sobre o que é Verbosidade


Verbosidade nada mais é do que dizer muito e dizer de maneira difícil sem dizer nada. É um dos entraves para a boa comunicação, pois trata-se de uma espécie de “enrolação”, na qual pessoa escreve (ou diz) muito sem se fazer entender. É o contrário de concisão. Quando duas pessoas estão se comunicando, é desejável que as mensagens sejam claras e diretas e a verbosidade se torna uma espécie de ruído (desnecessário) nesse sentido.

Resumo sobre o que é Verbosidade

Quando o discurso do emissor é claro e objetivo, o receptor entenderá de forma precisa o que ele está dizendo. Por outro lado, quando o discurso é complexo demais e utiliza-se de preciosismos exagerados, ocorre a Verbosidade. O problema de comunicação é comum e ocorre, principalmente, quando o emissor da mensagem quer utilizar uma linguagem muito rebuscada em sua comunicação oral ou escrita.

Quer entender mais sobre o que é Verbosidade e quando ela ocorre? Confira o Resumo sobre Verbosidade que preparamos para você nesse post!

Veja abaixo:

• Resumo sobre Verbosidade: o que é e por que evitar?

Verbosidade é dizer ou escrever de forma prolixa o que se pode dizer ou escrever de forma simples. Muitas vezes, o indivíduo quer fazer um discurso utilizando palavras difíceis para impressionar, por exemplo, a pessoa que o está analisando para uma vaga de emprego. No entanto, a Verbosidade, além de não ajudar, atrapalha o processo de comunicação. Nesse exemplo da entrevista de emprego, o ideal seria que o entrevistado respondesse às perguntas do analisador de forma clara e não que utilizasse palavras rebuscadas ou eruditas.

Da mesma forma, citando outro exemplo que é comum, seria um problema um aviso empresarial escrito de forma complexa e que dificulta o entendimento por parte dos funcionários. Se a empresa pretende ter uma comunicação interna de qualidade, é essencial elaborar avisos com clareza para que todos os colaboradores possam entender o recado. No entanto, a Verbosidade em avisos e cartas empresariais ainda é recorrente.

De forma geral, a Verbosidade deve ser evitada porque é desnecessário dizer um monte de coisas enquanto algo pode ser dito de forma simples e concisa. Nos problemas tratados nos parágrafos anteriores, por exemplo, a Verbosidade seria um empecilho, tanto para o profissional que quer ser admitido pelo entrevistador, quanto para a empresa que quer tornar os seus funcionários cientes de seus avisos internos.

• Resumo sobre Verbosidade: exemplos

Há uma grande diversidade de exemplos de Verbosidade que poderíamos citar nesse artigo. No entanto, como o problema de comunicação é bastante comum em e-mails corporativos e avisos empresariais, vamos abordar o problema de comunicação nesse ambiente como exemplo.

É um claro Resumo sobre Verbosidade aquela empresa que envia o seguinte aviso aos funcionários:

“Prezados, colaboradores

Vimos, por meio desta, a pedido de nosso respeitabilíssimo Diretor Comercial, para tornar público que, em decorrência do profundo momento de recessão pelo qual passa a EMPRESA X, será realizado um desenvolvimento gradativo de processos demissionais. Outrossim, queremos apresentar nossos mais profundo pesar em relação aos desligamentos que ocorrerão, por ora, no entanto, necessários à saúde da gestão de finanças da empresa.

Sem mais que se possa dizer até este momento, despedimo-nos e deixamo-nos à disposição para todos e quaisquer esclarecimentos. Destarte, agradecemos compreensão de todos.”

O correto, para que a comunicação fosse objetiva e clara ao entendimento dos funcionários, seria:

“Prezados, colaboradores

Informamos que, por motivos financeiros, será realizado um processo de demissão, no qual 50% dos funcionários serão desligados da empresa. Dessa forma, pedimos para que todos os colabores compareçam à sala do Diretor Comercial amanhã (20/04). Lamentamos o ocorrido e estamos disponíveis para esclarecimentos.

Atenciosamente,

EMPRESA X”

Análise e conclusão:

A Verbosidade é o que torna mais difícil o processo de comunicação entre duas pessoas (ou mais). Por isso, deve ser evitada no sentido de melhorar a comunicabilidade e dizer, ou escrever, com clareza o que tem que ser dito. Tanto no momento de conversar de maneira formal, quanto no momento de escrever uma boa redação de vestibular ou um aviso empresarial, entre os mais diversos exemplos que poderíamos utilizar, o ideal é que a linguagem seja utilizada de forma objetiva e concisa.

Evitar a Verbosidade é algo que, por exemplo, os jornais fazem para que o público compreenda de forma fácil as suas reportagens, matérias e artigos. Já no título de uma notícia é possível saber do que se trata o texto e essa estratégia jornalística é utilizada porque é eficiente no que se refere à comunicação. Por outro lado, há os textos, por exemplo, da Constituição Brasileira, que são complexos e muitas pessoas sequer entendem devido à Verbosidade.

Verbosidade é equivalente à prolixidade. A conclusão, portanto, é que, em quaisquer processos de comunicação, o desejável é que a mensagem seja emitida de forma objetiva e de fácil entendimento.

Esse artigo foi útil para você? Envie-nos um feedback com a sua opinião, sugestão ou crítica!