Resumo William Edward Deming


William Edward Deming foi um estatístico, consultor, autor, professor universitário e palestrante de grande renome em todo o EUA. Nascido em 14 de outubro de 1900 em Washington DC, ele é reconhecido em todo o mundo por ter promovido a melhoria de inúmeros processos de produção nos EUA em meio à Segunda Guerra Mundial.

Resumo William Edward Deming

Além disso, também trabalhou por muitos anos no Japão, onde também é amplamente reconhecido por implementar em multinacionais aspectos que hoje são de responsabilidade do setor de gestão de qualidade – como testes de qualidade do produto, melhoria de projetos internos e externos, ampliação de mercados globais, realização de testes de hipóteses e análise de variantes.

Só para se ter uma ideia, William Edward Deming é considerado até hoje no Japão como o estrangeiro que mais implementou melhorias na economia e indústria do país ao longo do século XX. Suas contribuições foram, no mínimo, fundamentais para o desenvolvimento de produtos de tecnologia e qualidade de primeira no território.

A seguir, confira um resumo sobre William Edward Deming.

Resumo de William Edward Deming – biografia

Como já vimos anteriormente, William Edward Deming é considerado o ‘pai’ da gestão da qualidade em todo o mundo por seus feitos nos EUA e Japão, que inclusive, estão entre as maiores potências econômicas mundiais. A seguir, confira um pouco sobre sua biografia.

William Edward Deming nasceu na pequena cidade de Sioux City, no estado de Iowa (EUA).

No ano de 1921 graduou-se em engenharia e permaneceu mais um ano na faculdade aperfeiçoando seus estudos em matemática. Em seguida, se mudou para o Colorado para se tornar mestre em Física e Matemática. Assim que se formou recebeu uma proposta para atuar em Yale.

Em Yale o estatístico aproveitou para fazer o seu doutorado, finalizado em 1928. A partir de então, iniciou a sua carreira no Departamento de Agricultura do governo dos EUA na função de Físico Matemático do laboratório. Durante esse período, fez 38 diferentes publicações na área de estatística.

Entre as décadas de 30 e 50 Deming atuou como professor de Estatística e Matemática no Departamento Nacional de Padronização, além de assumir a liderança como chefe no departamento deste mesmo setor na escola de pós-graduação do Departamento de Agricultura dos EUA.

No ano de 1943 sua primeira obra foi publicada, sendo ela intitulada “Ajustamento Estatístico dos Dados”.

Na década de 1950, William se mudou para o Japão e ministrou inúmeras conferências, congressos e palestras para os maiores líderes empresários japoneses. Seus ensinamentos provocaram incríveis mudanças nas indústrias japonesas, que passaram a liderar o mercado mundial a partir de então – principalmente nos setores de informática e automobilismo.

Só para se ter uma ideia da importância do estatístico, em 1951 foi criado em território japonês o “Prêmio Deming” para os projetos mais inovadores na área de estatística e controle de qualidade.

Demais informações relevantes sobre a vida e carreira de William Edward Deming são as seguintes:

  • No quesito educação, William Edward Deming passou pelas universidades de Wyoming, Universidade Yale e pela Universidade do Colorado em Boulder;
  • Ao longo de sua carreira, ele venceu os seguintes prêmios: Medalha Shewhart (em 1955), Ordem do Tesouro da Felicidade Sagrada (em 1960), Prêmio Samuel Wilks (em 1983) e a Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação (em 1987);
  • Suas principais obras foram: Saia da Crise (1986); A Nova Economia para a Indústria, Governo e Educação (1993); System of Profound knowledge (1992); Fora da Crise – Qualidade, Produtividade e Competitividade (1982) e Princípios de Liderança do Pai da Qualidade (1989);
  • William Edward Deming faleceu em 20 de dezembro de 1993.

Principais contribuições na sua carreira

William Edward Deming criou 14 diferentes pontos para a gestão de qualidade “impecável”. De acordo com ele, esse passo a passo descreve o caminho perfeito para que haja qualidade nos processos, produtos e serviços da empresa.

A seguir, confira os 10 principais deles:

1. Criar métodos de aperfeiçoamento constantes dos serviços e produtos oferecidos, de modo a torná-los competitivos e aumentar a geração de renda/empregos;

2. Ter a consciência de que, a partir do século XX, o mundo vive em uma nova ‘era econômica’ em que assumir a liderança se torna fundamental;

3. Acabar de vez com a dependência no quesito da inspeção para a garantia de qualidade;

4. Minimização dos custos totais e redução da preocupação com o preço;

5. Aperfeiçoamento contínuo do planejamento do produto, de modo a aumentar tanto a produtividade como a qualidade em relação ao mesmo;

6. Fornecimento de treinamentos no próprio ambiente de trabalho;

7. Eliminação do medo;

8. Importância da liderança não só para os chefes, mas para todos os envolvidos desde a produção à distribuição do produto/serviço;

9. Quebra de qualquer barreira entre os setores e departamentos da empresa;

10. Maior atenção para a qualidade e menor atenção para os números.