Boxers


Boxers correspondem a uma raça de cães oriunda do continente europeu, mais precisamente da Alemanha. Os boxers, por serem descendentes do hoje extinto Bullenbeisser, inicialmente tinham o propósito de ser cães de guarda e também destinados para a caça; inclusive foram uma das primeiras raças a serem utilizadas por policiais na Alemanha.

boxers

Porém, atualmente os boxers contam com características que o tornam um cão familiar e também muito dócil.

Nas últimas décadas do século XIX um grupo de criadores efetuou o cruzamento do Bullenbeisser com outra raça, que era o Bulldog inglês. Foi deste cruzamento que surgiram os boxers. Vale salientar que a raça Bullenbeisser, que deu origem aos boxers, era bastante utilizada para efetuar a caça de animais de grande porte, tais como ursos, javalis, bem como era utilizada para a proteção de rebanhos.

O primeiro clube de criadores da raça boxer foi montado no ano de 1896. As primeiras incursões da raça boxer como cães destinados para exposição foram efetuadas na cidade de Munich.

As características físicas dos boxers

Entre as várias características dessa raça canina, é possível destacar:

– São cães de tamanho médio.

– Os boxers apresentam pelagem curta. Além disso, a coloração da pelagem pode ser o fulvo, ou seja, dourado com tonalidades variadas que vão desde o amarelo claro ao vermelho escuro. Em alguns casos, o tom da pelagem é o tigrado.

– A musculatura é desenvolvida, o que confere para os boxers resistência e agilidade.

– A altura do boxer macho varia entre cinquenta e sessenta centímetros, pesando em torno de 30 quilos. A boxer fêmea, por sua vez, fica entre cinquenta e três e cinquenta e nove centímetros, apresentando um peso padrão de vinte e cinco quilos.

– Os boxers apresentam olhos que denotam tons amarronzados ou amêndoa.

– As orelhas dos boxers normalmente são baixas e alongadas.

– Essa é uma raça que conta com um focinho desprovido de rugas e achatado.

– Em relação a cauda, é possível afirmar que as dos boxers são de tamanho normal e de inserção elevada.

As características comportamentais dos boxers

Ainda que essa raça canina tenha um histórico destinado para a proteção e também para a caça, eles também apresentam um temperamento bastante lúdico, dócil e brincalhão, sendo um amigo fiel em lares domésticos.

Entre as principais características dos boxers é possível citar:

– Agitado: Boxer é uma ração canina sempre apta para brincadeiras, se adaptando bem, por causa disso, em ambientes onde possuem crianças. Além disso, por causa do seu comportamento brincalhão e ativo, se adaptam com mais facilidade em casas, já que são locais que possuem quintais.

– Inteligente: Devido a sua característica de cão de guarda, denota bastante inteligência e facilidade para ser adestrado. De uma maneira geral, os boxers apresentam afetuosidade em relação a todos os integrantes da casa. São cães demasiadamente fiéis.

– Extrovertido: Geralmente essa raça mantém uma boa relação com outros animais domésticos presentes no ambiente. No entanto apresentam uma certa desconfiança diante de desconhecidos.

Por isso, a adequada socialização e o treinamento feito de forma correta são essenciais para impedir o surgimento de qualquer comportamento inadequado de relacionamento durante a fase adulta. Os Boxers, tal e qual a maioria das raças de cães, respondem a um bom treinamento por meio do reforço positivo. Sendo assim, não é recomendável que os cães da raça boxer sejam treinados de maneira severa e cansativa, submetidos a adestradores que não demonstram um adequado conhecimento em relação a essa raça.

Vale salientar que por causa dessas características os boxers precisam realizar exercícios quase que diariamente, os mantendo assim sempre alertas e estimulando a coordenação motora deles. Além disso, tais exercícios funcionam para eles como uma excelente forma de brincadeira e distração. Eles são cães que, de uma maneira geral, passam a denotar um comportamento mais maduro depois dos três anos de idade.

Na velhice se tornam mais quietos e tranquilos, mas ainda assim fazem questão de receber carinho e atenção.

Entre as principais atividades destinadas para um convívio social saudável com essa raça estão:

– Caminhadas longas com coleira
– Corridas
– Brincadeiras com bola, ossos de plástico ou outros objetos lúdicos.

Em termos de saúde, os boxers podem apresentar determinadas enfermidades que compreendem alguns tumores. Além disso, tais cães podem denotar, com o avanço da idade, transtornos de displasia da anca.

Outros problemas de saúde que podem atingir os boxers são transtornos respiratórios devido ao focinho naturalmente achatado que eles possuem. Esse problema pode se tornar mais evidente durante os meses de clima mais quente.

Transtornos de ordem cardíaca também, em alguns casos, afetam esses animais. Por serem de uma raça que naturalmente apresenta tamanho médio e pequeno, um dos problemas mais comuns envolvendo o sistema cardíaco é a cardiomiopatia.

Os boxers são excelentes companheiros, apreciam brincadeiras e atuam muito bem como cães vigilantes e de guarda.