Células Procarióticas e Eucarióticas e Reprodução Animal


Células Procarióticas e Eucarióticas

Células Procarióticas e Eucarióticas e Reprodução Animal

Nosso corpo humano é uma máquina complexa, composta de minúsculas partes vivas que respondem por todo nosso funcionamento. São as células.

Toda célula de cada ser vivo existente na Terra, se trata da menor unidade viva de cada organismo. Uma unidade celular complexa, minúscula e produtiva.

E nestas unidades minúsculas de vida, encontradas em nosso organismo, que se encontram estruturas responsáveis pela excreção de resíduos metabólicos, construção de substâncias e demais estruturas, nutrição e circulação de materiais, além é claro, da reprodução e controle de ações.

As diferentes entre cada ser vivo e seus habitats refletem nos níveis celulares. Assim, as células se dividem em três grupos diferentes: procariótica dos moneras, eucariótica animal e eucariótica vegetal.

PROCARIÓTICA DOS MONERAS

Apresenta somente a membrana plasmática, hialoplasma, ribossomos e nucleoide – este que representa um cromossomo circular.

EUCARIÓTICA ANIMAL

Além de ser mais organizada e complexa, esta célula apresenta uma carioteca ou membrana nuclear, que separa o citoplasma do núcleo. Outras diferenças são: a presença de retículos endoplasmáticos, mitocôndrias, lisossomos e outros; ribossomos e centríolos e ausência de parede celular em volta da membrana plasmática.

PROCARIÓTICA DA BACTÉRIA

Esta célula procariótica possui: núcleo organizado sem carioteca (membrana nuclear); organelas membranosas, tais como plastos e mitocôndrias; organelas citoplasmáticas e não possui membranas internas.

EUCARIÓTICA VEGETAL

Trata-se também de uma célula organizada e complexa, diferente da animal no sentido que:

possui parede celular rígida, formada de celulose que envolve a membrana plasmática; contém plastos, como cloroplastos, que presentes na planta são os responsáveis pela clorofila; ausência de lisossomos e centríolos e presença de vacúolos de suco celular.

REPRODUÇÃO ANIMAL

Divide-se em reprodução assexuada e sexuada.

Assexuada ocorre quando uma das partes não necessita do parceiro(a) para se reproduzir. Podem ser dividas em reprodução unicelulares e multicelulares.

Por sua vez, a reprodução sexuada é a responsável pela miscigenação dos povos, de todos os genes e características presentes nos mais diversos DNA’s de todos os seres vivos na Terra. Nesta reprodução, faz-se necessária a Fecundação, formação da junção das células sexuais (gametas) oriundas tanto do sexo masculino como do feminino de cada espécie.

Juntas, formam um ovo ou “zigoto”, que se forma a partir da “mistura” das células maternas e paternas.