Culinária paulista


Há quem diga que o estado de São Paulo já surgiu com um enorme potencial para ser “do mundo”. Isso porque desde as pequeninas cidades de interior à Grande São Paulo, o que vemos é uma incrível facilidade para acolher gente de diferentes culturas. Não à toa, o estado foi fortemente influenciado pelos portugueses, depois pelos italianos, africanos, alemães, japoneses e assim por diante.

Culinaria Paulista

Obviamente esse mix cultural também influenciou na formação da culinária paulista. Neste artigo, vamos conhecer o histórico e os principais pratos que compõem a gastronomia da região.

A história da culinária paulista

Tudo começou com a chegada dos portugueses e com o interesse deles em explorar, em conjunto com os índios brasileiros, os produtos alimentícios de nossa terra. Já em 1500, alimentos como abóboras, amendoim, palmitos, feijões, mandiocas e algumas frutas foram descobertas.

Os primeiros “pratos típicos” brasileiros eram uma combinação entre as técnicas culinárias europeias com os ingredientes do nosso país. O estado de São Paulo, por sua vez, herdou dos portugueses receitas com bacalhau, ensopados, guisados e doces em geral.

Porém, foi com a chegada dos africanos que a culinária paulista mais uma vez ganhou um novo rumo. Agora, os alimentos eram preparados com especiarias (temperos) trazidas por eles.

E não tardou para que a gastronomia, mais uma vez, fosse modificada: desta vez, com a chegada dos italianos, que trouxeram as tão adoradas massas, os vinhos, pimentões, berinjelas do tipo “zucchini” e salgados assados.

Quando o assunto é culinária paulista, destacamos que ela pode ser facilmente comparada à culinária da cidade de Nova York, nos EUA. A razão é compreensível: ambos contam com uma enorme variedade gastronômica, capaz de agradar a todos os gostos e paladares.

Não à toa, em algumas cidades paulistanas podemos encontrar sashimis e sushis preparados de modo a competir diretamente com restaurantes da capital Tóquio. Além disso, há quem diga que as massas paulistas (com destaque para as pizzas) não só se igualaram às italianas, como até mesmo já às ultrapassaram em alguns aspectos. E o mesmo podemos afirmar em relação às churrascarias brasileiras quando em comparação às argentinas.

Apesar da globalização intensa no estado de São Paulo, devemos destacar que a região também é marcada por uma gastronomia própria, com pratos como:

  • Arroz, feijão, bife e banana frita;
  • Cuscuz;
  • Quibebe;
  • Curau;
  • Pamonha;
  • E muitos outros.

A seguir, confira quais são os principais pratos típicos da culinária paulista.

Pratos típicos da culinária paulista

Entre os pratos típicos que os viajantes encontrarão quando em destino ao estado paulista estão:

• Virado à paulista

O virado à paulista é um prato de almoço ou janta servido em bares e restaurantes de todo o estado. Sua composição é a seguinte: arroz, bisteca de porco (preferencialmente frita), tutu de feijão, couve refogada, linguiça e ovo frito.

• Sanduíche de mortadela e mostarda

O lanche típico é encontrado no Mercado Municipal de São Paulo – que inclusive, está entre os principais pontos turísticos da região. O sanduíche é feito com pão francês e muitas – muitas mesmo! – fatias de mortadela. Algumas de suas versões acompanham mostarda.

• Lanche de “carne louca”

O lanche de “carne louca”, como é apelidado pelos paulistanos, é feito com pão francês e recheio de carne de panela desfiada e bem temperada com cheiro verde, cebola, azeitona, alho, pimentão e outros.

• Bolinho de bacalhau

A receita, herdada dos portugueses, é uma das preferidas dos paulistanos. Os bolinhos de bacalhau marcam presença principalmente nos bares e botecos da cidade, sendo acompanhados por uma boa caipirinha ou cerveja gelada.

• Cuscuz paulista

O cuscuz, feito com farinha de mandioca, ganha alguns complementos deliciosos nas cidades paulistanas: frango, palmito, ovo cozido, sardinha ou atum são alguns deles. O prato pode ser o principal ou apenas um acompanhamento – você é quem decide!

• Temaki

Herdado da culinária japonesa, o temaki se tornou um dos pratos preferidos dos paulistanos. Na capital, principalmente – já que não à toa, é considerada o ‘berço’ da maior comunidade de japoneses de todo o mundo.

Atualmente, a cidade de São Paulo conta com um maior número de restaurantes especializados em gastronomia japonesa do que com churrascarias. Os mais pedidos, além do temaki, são: sushi, missoshiro, sashimi e guioza.

• Yakissoba (feito com legumes!)

O yakissoba preparado com legumes (como cenoura e batata, por exemplo) também está entre os pratos típicos dos paulistanos. Ele pode ser feito com carne vermelha ou frango – e ambas as receitas são tão comuns que são encontradas até mesmo em pequenas barraquinhas de rua.

• Pizza sabor calabresa

A cidade de São Paulo está em 2º lugar no ranking que define as cidades do mundo que mais consomem massa italiana – perdendo unicamente para Nova York. Em todo o estado paulista, o sabor que predomina no pedido das pizzas é o de calabresa. Em seguida estão os sabores de quatro queijos, marguerita e mussarela.