Estruturas Internas de uma Planta – Raiz, Caule E Folhas


Estruturas Internas de uma Planta

Neste conteúdo, você fará uma revisão sobre as estruturas internas de uma planta com foco em raiz, caule e folhas. Cada parte tem a sua função definida e sua importância. Por exemplo, as flores são consideradas órgãos reprodutivos e os frutos se originam delas. Preparado para a revisão sobre plantas?

Raiz

A sua principal função é a absorção e também a fixação. Conta com várias partes importantes como a coifa, que atua na proteção, zona meristemática, zona de alongamento, local de desenvolvimento celular, entre outras.

Outra parte importante da estrutura são os sistemas radiculares como:

– Axial: estrutura típica de dicotiledôneas, devido à presença de uma raiz única. Pode-se citar como exemplo o feijão.

– Adventícias: são órgãos de suporte

– Sugadoras: têm a função de sugar a seiva

Caule

O caule atua na parte de sustentação e tem como objetivo fazer reservas energéticas e de substâncias. Entre as estruturas pode-se citar:

– nós

– entrenós

– haste: parte responsável pela fotossíntese

– tronco

– Colmo

– estipe

– bulbo

– Tubérculo

Folhas

Entre as funções da folha estão a absorção de gases e de luz solar, a realização e também a liberação de produtos por causa da fotossíntese. Também pode atuar como agentes polinizadores por causa da sua cor.

Os nervos nas folhas podem se apresentar com vários tipos de padrões, que são denominados feixes vasculares e atuam no transporte de seiva. Além disso, o padrão também pode ser paralelo, como é o caso das monocotiledôneas ou pode ser ramificado, como nas dicotiledôneas.

Para fixar o conteúdo sobre as estruturas internas de uma planta:

– Estude toda a teoria sobre o assunto

– Faça revisões

– Resolva exercícios constantes

– Refaça as questões que errar

Com o tempo e a prática, você conseguirá aprender o conteúdo e gabaritar a sua prova. Bons estudos!