Filo Annelida e Mollusca (Anelídeos e Moluscos): Classes, Características e Reprodução


Filo Annelida e Mollusca

O Reino Animal é composto por indivíduos heterótrofos (que não têm a capacidade de produzir o próprio alimento) e que são divididos em diversos filos, de acordo com características em comum.

Filo Annelida

O principal aspecto que caracteriza os anelídeos é o corpo segmentado, chamado de metameria. Esse filo é subdividido em três classes, de acordo com a quantidade de cerdas:

* Oligoquetos (poucas cerdas): minhoca;
* Poliquetos (muitas cerdas): pequenos animais aquáticos e predominantemente carnívoros;
* Aquetos ou hirudíneos (sem cerdas): sanguessugas.

O filo Annelida tem mais de 16 mil espécies já identificadas na natureza e é formado por animais de corpo em formato vermiforme, ou seja, alongado e cilíndrico. Apresentam sistema digestório completo, isto é, com boca e ânus, e sistema circulatório fechado, ou seja, o sangue circula dentro de vasos. Boa parte das espécies terrestres respiram pela cútis, enquanto as espécies aquáticas possuem brânquias que se encarregam dessa função.

A reprodução dos anelídeos pode ser tanto sexuada, com a troca de gametas femininos e masculinos, quanto assexuada, sem a presença de gametas. Isso varia dentro das espécies. É interessante mencionar que a minhoca, mesmo sendo hermafrodita (o mesmo indivíduo possui os dois sexos) precisa de dois representantes para se reproduzir.

Filo Mollusca

Os moluscos são conhecidos como “animais de corpo mole” e na maior parte das espécies esse corpo é protegido por uma concha. Também são divididos em três classes:

* Gastrópodes (envoltos por uma concha em espiral): lesmas, caracóis, caramujos;
* Bivalves (envoltos por duas conchas interligadas): ostras, mariscos;
* Cefalópodes (concha interna ou ausente): lula, polvo.

O organismo dos moluscos é dividido em cabeça, massa visceral e pés (substituídos por tentáculos em algumas espécies). O sistema digestório também é completo, mas o sistema circulatório é aberto, ou seja, o sangue circula nas lacunas que ficam entre os órgãos, distribuindo os nutrientes.

A reprodução dos moluscos é sexuada, com fecundação interna (espermatozoides liberados dentro do corpo da fêmea) ou externa (os gametas são liberados na água e se encontram lá). Apenas os bivalves são hermafroditas.