Parasitoses Humanas: Protozooses, Amebíase, Doença de Chagas e Malária


Parasitoses Humanas

As protozooses são tipos de doença causadas por protozoários. Seres vivos unicelulares e eucariontes são comumente encontrados em água doce, mas há tipos que habitam lodos e solo úmido, assim como água salgada. Nem todos os protozoários são parasitas e causadores de doenças em homens e animais.

Para saber melhor sobre tratamento e prevenção das parasitoses humanas causadas pelos protozoários, é preciso conhecer melhor esses organismos e o que eles podem causar à saúde. Dentre as doenças mais comuns e graves causadas por eles estão a amebíase, doença de chagas e malária.

As protozooses mais comuns
A malária é uma das doenças mais graves, mais comuns em regiões de matas e florestas. Transmitido pela picada de um mosquito fêmea Anopheles, conhecido popularmente como mosquito-prego, o protozoário parasita entra na circulação sanguínea da vítima, até chegar ao fígado, onde ele se reproduz.

A pessoa contaminada por malária apresenta febre intermitente, calafrios, forte dor de cabeça, dores nas articulações, anemia, convulsões, transpiração e enjôos. A doença pode evoluir para embolia pulmonar, acidose metabólica, pneumonia, anemia grave e até mesmo levar o paciente à morte. O diagnóstico é confirmado por exame de sangue.

Como as picadas são mais frequentes à noite, as principais prevenções são direcionadas para a hora de dormir. Mas, a mais importante ação contra a malária é o ataque aos criadouros do mosquito e o uso constante de repelentes.

Já a Doença de Chagas é transmitida por um inseto conhecido como “barbeiro”. Após a picada, ele introduz o protozoário Trypanosoma cruzi na circulação sanguínea e vasos linfáticos, que retardam o sistema imunológico. Também pode ser transmitido através da ingestão de alimentos contaminados, transfusão de sangue, na gestação e transplante de órgãos.

Comum em regiões mais pobres, a doença pode ser classificada em aguda ou crônica, podendo permanecer no indivíduo por muitos anos. No começo do desenvolvimento do parasita no corpo, não há sintomas, eles só surgem quando a doença começa a atingir maiores dimensões. O paciente apresenta perda de apetite, vômito, diarreia, dor de cabeça e no corpo, febre, assim como aumento de órgãos como fígado e baço. Pode ocorrer também uma miocardite ou meningoencefalite.

A amebíase é uma doença bastante comum e transmitida pela ingestão do protozoário Entamoeba histolytica, quase sempre através da água. Geralmente não apresenta sintomas, mas pode levar o paciente a forte diarreia, vômito, febre e eventuais alterações cutâneas. Esse tipo de parasita fica localizado no intestino.