Probabilidades Genéticas, Pleiotropia e Interação Gênica


probabilidades-geneticas-pleiotropia-e-interacao-genica

Probabilidades Genéticas
Para que Mendel conseguisse todos os resultados e conclusões que adquiriu ao longo de seus estudos em genética, utilizou métodos estatísticos, prevendo e calculando as probabilidades de ocorrer os eventos genéticos.
Ele concluiu que a probabilidade serve para estimar numericamente a possibilidade de um evento ocorrer ao acaso. Com isso, ele chegou à formula:
P(A)=A/S,
em que P é a probabilidade de um evento ocorrer, A é o número de eventos desejados e S é o número total de eventos possíveis.

Pleiotropia
A pleiotropia é um fenômeno genético em que um único gene tem todo o controle em relação às manifestações de diversas características.
É um fenômeno bastante curioso, pois sua ação ocorre de forma contrária às interações gênicas, em que dois ou mais genes reguladores determinam um caráter.
Para esclarecer melhor as duas ocorrências:
Interações Gênicas → Dois ou mais genes interagem entre si a fim de determinar uma única característica.

Pleiotropia é quando um único gene condiciona ou influencia mais de uma característica no indivíduo.

Exemplo de pleotropia: Gene que determinana a coloração das flores, da semente e das manchas nas proximidades das estípulas em ervilhas.
Exemplo de interações gênicas: variações na cor de pele do ser humano.

Interação Gênica

A interação gênica é o tipo de herança em que se expressa o fenótipo para uma característica condicionada pela ação conjunta de dois ou mais pares de genes com segregação independente.
Elas podem ser interações epistáticas e não-epistáticas.
As interações epistáticas ocorrem quando dois ou mais genes determinam a produção de enzimas que irão catalisar diferentes etapas de uma mesma via metabólica.
As interações não-epistáticas são aquelas em que os genes produzem enzimas que atuam em vias metabólicas distintas.
Muitas características são resultado do efeito cumulativo de vários pares de genes, cada um contribuindo com uma parcela no fenótipo. Esse tipo de interação gênica é chamado de herança quantitativa ou poligênica, em que participam dois ou mais pares de genes, com ou sem segregação independente.
Alguns exemplos desse tipo de interação: cor de pele humana, altura, cor dos olhos…