Resumo Fotossíntese


Fotossíntese

A fotossíntese é o nome dado ao processo pelo qual as plantas produzem seu próprio alimento, composto basicamente pela glicose que elas conseguem produzir em seu interior a partir de elementos como gás carbônico, água e luz solar.

Este processo de realização da fotossíntese caracteriza as plantas como autótrofas, isto é, um ser vivo que não precisa buscar suas fontes de energia em elementos externos, sendo capaz de produzir sozinha seu alimento.

No entanto, é importante frisar que a fotossíntese não significa que as plantas criam sua energia do nada, pois o que ocorre é a transformação de uma determinada forma de energia, como a luz solar, em outra.

O processo da fotossíntese

No processo da fotossíntese, as plantas realizam a captação de substâncias inorgânicas que estão presentes em seu ambiente, sendo, mais especificamente, a água e o gás carbônico, que serão convertidos posteriormente em glicose.

Para que esta conversão da água e do gás carbônico em glicose ocorra, é necessário que haja à luz solar, pois é esta a energia que possibilita às plantas a realização de todo este processo.

Isto acontece porque a fotossíntese ocorre nos cloroplastos, onde se encontram a clorofila e os carotenoides, que são substâncias responsáveis pela absorção da luz solar.

A importância da fotossíntese

Por se tratar da forma de alimentação das plantas, a fotossíntese é, obviamente, muito importante para a existência de todo o reino vegetal, mas sua importância é ainda maior, atingindo todas as espécies vivas do planeta.

Esta importância da fotossíntese é facilmente explicável, pois sem a realização deste processo não haveria as plantas, o que impediria a existência de todas as formas de vida no planeta.

Além disso, durante a realização da fotossíntese, as plantas eliminam oxigênio, o que torna o ar mais limpo e com maior qualidade, graças ao gás limpo gerado pelas plantas.