Resumo sobre o animal Onça Pintada


Neste resumo sobre a onça pintada você vai aprender tudo a respeito de um dos maiores felinos da terra e um dos símbolos da fauna brasileira. Também conhecida como Jaguar ou Pantera Onça, foi até considerada um animal sagrado, pela mitologia Maia e é sem dúvida um dos animais mais belos já encontrados.

Resumo sobre o animal Onça Pintada

Características da Onça Pintada

Aqui no resumo sobre a onça pintada você vai descobrir tudo sobre as características físicas deste animal, onde pode ser encontrado e vai até aprender a respeito de algumas curiosidades que rondam sua existência.

A onça pintada é um felino, mamífero e que pode chegar a até 2,10 metros de comprimento e 1,90cm de altura. Pesa em média cerca de 150kg e quando vive em cativeiro come cerca de 2,5 de carne fresca todos os dias. Segundo pesquisadores, quando está solta na natureza consome muito mais do que isso, já que está em constante movimento e gasta muita energia. Estes animais podem ser encontrados nas seguintes regiões:

Na América do Norte é encontrada mais raramente, somente nos Estados Unidos, onde aparecem casualmente no sudoeste do país. Acredita-se que a onça pintada já esteve presente em outras regiões no passado, pois foram encontrados fósseis e representações da espécie em diversas partes.

A onça pintada atualmente habita tanto em regiões secas e áridas quando em florestas tropicais, mas prefere os locais de mata fechada e com bastante umidade. Costuma viver sempre próximo às margens dos rios ou pântanos e é uma excelente nadadora, passando boa parte do seu dia dentro da água.

Trata-se de um animal forte, robusto e muito musculoso. Os machos costumam ser maiores do que as fêmeas mas são considerados como o maior felino das Américas e o terceiro maior de todo o mundo, perdendo apenas para o Leão e o Tigre que apresentam pernas mais longas.

O maior diferencial da onça pintada está em sua pelagem, que apresenta uma cor ao fundo amarelada repleta de manchas marrons. Estas cores possibilitam que fique camuflada no meio da floresta o que garante excelentes resultados na caça às suas presas.

Raramente podem surgir onças pintadas totalmente pretas, em cerca de 6% de toda a população. Nestes casos são chamadas de onças pretas, mesmo sendo da mesma espécie. Podem ocorrer ainda nascimentos de animais albinos, mas isso é bastante raro.

A onça pintada é considerada um superpredador, ou seja, está colocada no topo da cadeia alimentar. O seu maior predador é o ser humano, mas quando filhotes podem ser comidos e atacados por outros animais, como jacarés e cobras.

É importante salientar aqui neste resumo sobre a onça pintada, que este animal é considerado noturno, mas muitas vezes pode ser encontrado de dia, quando está mais suscetível. A onça pintada não é um animal que vive em grupo, mas sim leva uma vida mais solitária.

Alguns grupos pequenos podem ser encontrados, geralmente formados por uma mãe e seus filhotes. Quando adultos, encontram-se somente em raros momentos, para se acasalar. Costumam ser territorialistas e mantém largos espaços para si. Para demarcar suas áreas, as onças pintadas costumam utilizar a própria urina, arranhões e fezes, além de utilizar seu rugido, que raramente é utilizado.

Uma onça pintada pode viver entre 12 e 15 anos na natureza, mas em cativeiro pode viver até 23 anos. Sua maturidade sexual é alcançada aos dois anos para as fêmeas, e 4 ou 4 para os machos. A gestação de uma onça dura entre 93 e 105 dias e podem dar à luz a até 4 filhotes de uma só vez.

Curiosidades sobre as onças

As onças pintadas são consideradas animais ameaçados de extinção. A sua caça é proibida em diversos países, mas no Brasil infelizmente, ainda é permitida quando causa problemas, como por exemplo, atacando gado de fazendeiros. Durante muitos anos, houve um grande número de caçadas a estes animais, principalmente por causa da beleza de sua pele, mas hoje toda venda é proibida.

Mais de 50% de toda a população de onça pintada do mundo vive no Brasil, principalmente no Pantanal e há um grande volume de animais que são criados em cativeiro no mundo todo. Além da caça, a poluição dos rios e o desmatamento são as causas que mais afetam sua existência. Apesar de não ser o maior felino do mundo, a mandíbula de uma onça pintada é considerada a mais forte de todas, e é a segunda mais poderosa entre todos os mamíferos. Durante a caça, a onça pintada atinge diretamente o crânio de suas presas.

Elas costumam preferir animais maiores, como gado, capivaras e até cavalos. Suas patas fortes e sua velocidade ajudam na caça perfeita à suas presas. Mas elas possuem uma alimentação altamente variada e comem inclusive pequenos roedores, tamanduás, pacas, pequenos mamíferos, peixes, jacarés e até cobras, como sucuris e jiboias.