Sistema Excretor e Sistema Nervoso: Características, Funções e Concepções nos Humanos

O sistema excretor humano é muito importante para a saúde, pois é por meio de seu correto funcionamento que o sangue é filtrado e o organismo pode se livrar de diversos tipos de impurezas, como a ureia, amônia e o ácido úrico, substâncias que podem causar prejuízos às pessoas quando presentes em níveis muito altos.

Como funciona o sistema excretor?

Para que possa ocorrer essa filtragem, o sistema excretor é composto pelos rins, ureteres, bexiga urinária e uretra. Quando passa pelos rins, o sangue é filtrado e as excretas, como são chamadas as substâncias tóxicas produzidas pelo organismo, são então retiradas e, posteriormente, eliminadas do corpo pela urina.

Assim, a urina é o principal líquido excretor humano, pois é por meio dela que ocorre a maior parte de excreção das substâncias tóxicas do corpo humano. Por isso, é importante não segurar a urina por muito tempo, pois isso pode causar problemas se não expelida quando necessário.

Sistema nervoso humano

O sistema nervoso humano pode ser caracterizado pela sua subdivisão em duas partes distintas: o sistema nervoso central, que engloba o encéfalo protegido pelo crânio e a medula espinhal, protegida pela coluna vertebral; e o sistema nervoso periférico, o qual é formado por gânglios e nervos que conectam o sistema nervoso com todas as outras partes do corpo.

Isto permite que qualquer tipo de ação seja sentida pelo sistema nervoso que provoca as reações conhecidas como reflexos, que tem como principal objetivo a proteção do corpo, evitando assim situações de perigo.

Um exemplo é quando o corpo é exposto a temperaturas muito altas, por exemplo, e os reflexos causados pelo sistema nervoso fazem com que aconteçam os movimentos de se afastar deste calor intenso, evitando queimaduras ou outros prejuízos ao corpo. Isto é possível apenas pela percepção do sistema nervoso, que acontece em uma velocidade maior do que a do sangue pelas veias.