Tecido Muscular Liso, Tecido Muscular Estriado Esquelético e Cardíaco

Tecido Muscular Liso

Os músculos são responsáveis por uma série de movimentos no corpo dos animais, sendo que apenas alguns tipos de celenterados e as esponjas não possuem nenhum tipo de estrutura muscular. Assim, são os músculos que permitem aos animais a possibilidade de caminhar, correr, voar, nadar, respirar, entre vários outros tipos de ações e movimentações.

A formação dos músculos de todo o corpo pode ser dividida em três tipos de tecidos que compõem todos os tecidos musculares, sendo eles o tecido muscular liso, o tecido muscular estriado esquelético e o tecido muscular estriado cardíaco.

Tecido muscular liso

O tecido muscular liso é formado por fibras que possuem uma forma de fuso, sem nenhum tipo de estrias transversais. Estas fibras que compõem o tecido muscular liso são chamadas de fusiformes, sendo bastante pobres em relação ao retículo sarcoplasmático, além de não apresentarem sistemas de túbulo em T.

A localização do tecido muscular liso é entre alguns órgãos ocos do corpo, como o estômago e o esôfago, por exemplo, além das paredes dos vasos sanguíneos e duetos de glândulas.

Tecido muscular estriado esquelético

A massa muscular corporal é representada pelo tecido muscular estriado esquelético, sendo disposto no corpo de maneira que sua contração apresente respostas antagônicas. Por exemplo, o bíceps faz com que o braço e o antebraço se aproximem, enquanto o tríceps faz com que fiquem mais longe.

Uma característica do tecido muscular estriado esquelético é a forma como são organizados os miofilamentos da musculatura, de forma que se formem feixes de aspecto estriado, justificando assim o nome do tecido.

Tecido muscular estriado cardíaco

O tecido muscular estriado cardíaco é o mesmo que o miocárdio, sendo encontrado apenas no coração, que possui fibras longas e cilíndricas, podendo apresentar bifurcações. O tecido muscular estriado cardíaco possui a característica de apresentar dois discos intercalares.