Trematódeos, Esquistossomose (Schistosoma mansoni) e Nematelmintos


Trematódeos, Esquistossomose

Trematódeos, esquistossomose e nematelmintos são assuntos estudados em biologia nas escolas. Se tratam de parasitas – vermes mais especificamente – que podem ter animais e humanos como hospedeiros. Seu formato é que determina em que classe se encontram.

Trematódeos

Os trematódeos são vermes parasitas de formato achatado que possuem ventosas para que consigam se fixar melhor em seu hospedeiro que pode ser um animal ou uma pessoa.

São revestidos por uma cutícula e contam com mais de 3 mil espécies, sendo duas bastante conhecidas:

• Schistosoma mansoni, que vive no intestino de seus hospedeiros. Se aloja no ser humano e em outros animais e provoca a esquistossomose;
• Fascíola hepática, que se aloja no fígado dos carneiros, os tendo como hospedeiros;

Esquistossomose

A esquistossomose é uma doença causada pelo trematódeo Schistosoma mansoni. O homem é o hospedeiro definitivo do verme que costuma se alojar no intestino e causa sintomas como febre, calafrios e dores musculares.

Além do intestino, o parasita pode também se alojar no fígado ou na bexiga, pois entra no corpo através da pele ou mucosas, após contato com água contaminada. O tratamento é feito com o uso de antiparasitários e quanto antes identificada a doença menor o risco de complicações.

Como o Schistosoma mansoni tem um caramujo como hospedeiro intermediário, além de medidas profiláticas relacionadas ao saneamento básico é indicado também eliminar esses caramujos.

Nematelmintos

Nematelmintos são vermes de formato cilíndrico. Costumam se desenvolver na água ou em solo úmido. Possuem tubo digestivo completo, além de sistema nervoso. São responsáveis por algumas doenças parasitárias bastante conhecidas, como:

• Lombriga ou ascaridíase

O Ascaris lumbricoides vive no intestino delgado e se alimenta dos alimentos digeridos de seu hospedeiro. Afeta humanos e animais.

• Ancilostomíase ou amarelão

O Ancylostoma duodenale e Necator americanos são os responsáveis pela doença. Se alojam no intestino delgado do hospedeiro e se alimentam de sangue.
• Filariose ou elefantíase

O Wuchereria bancrofti é o verme causador da doença, que causa inflamação dos vasos linfáticos e consequente acúmulo de linfa. O resultado é o inchaço de mãos, pés e outras regiões do corpo.

• Bicho-geográfico

O Ancylostoma brasiliense é um parasita do intestino de animais (cães e gatos). Seus ovos são eliminados na areia e conseguem penetrar a pele de uma pessoa, sem chegar a circulação sanguínea. É chamado de bicho-geográfico pois causa lesão que lembra um mapa. A coceira é um dos sintomas comuns.