Resumo Futebol


O futebol é uma paixão mundial, conhecido como o esporte mais praticado ao redor do mundo. E quando se fala de futebol, o Brasil é o País mais apaixonado pelo esporte e o mais vitorioso nele. No entanto, apesar de ser considerado o País do futebol, não foi aqui que este esporte nasceu. Trouxemos este resumo do futebol para que você possa aprender um pouco mais por este esporte tão popular.

Resumo Futebol

A história do futebol se confunde um pouco, principalmente no seu início, porém, os historiadores e estudiosos da bola dizem que o futebol tem origem inglesa, mais ou menos da época de 1895. O responsável por trazer o futebol para o Brasil foi Charles Miller, que conheceu o esporte durante o período em que estava estudando na Inglaterra. Charles Miller retornou ao Brasil com algo que mudaria para sempre a história deste País, tão vitorioso no esporte: uma bola de futebol. Junto, trouxe as regras do jogo e ensinou aos amigos como funcionava. Hoje em dia, Charles Miller é reconhecido como o pai do futebol brasileiro, além de ter seu nome da praça em frente ao Estado Municipal de São Paulo, o Pacaembu.

Os primeiros passos do futebol no Brasil

Segundo relatos da história, o primeiro jogo de futebol no Brasil ocorreu em 14 de abril de 1895, na cidade de São Paulo. Os times que jogaram essa partida histórica foram compostos por Charles Millers e ingleses que moravam no País na época. Os nomes dados foram Companhia de Gás e São Paulo Railway, esta que saiu vencedora do jogo por um placar de 4 a 2.

Já o primeiro time criado no Brasil surgiu em 1898, intitulado de Associação Athletic Club. Naquela época, devido à situação que a sociedade se relacionava, o futebol e o clube foram vistos como algo da elite paulista, onde apenas pessoas da alta classe social conseguiam praticar o esporte. A primeira liga a se organizar foi a Paulista, em 1901, organizando também o primeiro campeonato no País. Charles Miller foi três vezes campeão do Campeonato Paulista e fez com que seu time virasse uma sensação o esporte.

Apenas anos depois que os times profissionais começaram a surgir no Brasil, se espalhando pelos diversos estados nacionais, assim como as federações, campeonatos regionais e a Confederação Brasileira de Desportos, que depois ficou conhecida como a Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, sendo responsável por administrar o futebol no País.

Os negros e o aspecto social do futebol

A história do futebol tem um forte apelo social e muito importante para toda história não só do esporte, mas do País em si. Primeiro, é preciso entender que o jogo chegou ao Brasil logo após a proclamação da república e da assinatura da Lei Áurea, que aboliu o trabalho escravo. No entanto, como a história diz, os negros ainda sofreram muito com a questão social no Brasil, incluindo no futebol.

Como um esporte de elite no começo da sua história no Brasil, o futebol acabou sendo muito praticado por negros e pessoas de classe social mais baixa de forma amadora, muito porque não era necessário muita coisa para praticar o esporte, tendo uma bola, meio caminho já estava andado. Os primeiros negros a jogarem futebol profissionalmente só apareceram em 1920, mas, ainda assim, a maioria era obrigada a entrar em campo com maquiagem de pó de arroz, para que parecessem brancos.

O Vasco da Gama, clube carioca, foi o primeiro time a dar um espaço real aos jogadores negros. Em 1923, o clube carioca montou um time inteiro formado por jogadores negros, que conseguiram obter um sucesso enorme e ficaram conhecidos como os Camisas Negras. O time vencedor do Vasco da Gama abriu caminho para que novos jogadores negros que jogavam de forma amadora ganhassem espaço nos campeonatos profissionais. Assim, o público e os esportistas viram que o futebol também era muito praticado pela parte mais pobre da sociedade, tendo um grande apelo social de inclusão.

Graças a histórias como esta, que um jogador negro ficou conhecido como o maior jogador de todos os tempos, Edson Arantes do Nascimento, reconhecido mundialmente como Pelé, o camisa 10 da seleção brasileira e do Santos Futebol Clube.

O maior campeão mundial

O futebol se popularizou no Brasil e se tornou uma paixão nacional por volta de 1950, quando a Copa do Mundo de Futebol foi realizado no país, com uma grande final entre Brasil x Uruguai no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Para um público grandioso, a seleção brasileira perdeu aquela final que ficou conhecida como Maracanazzo. No entanto, a derrota só fez aumentar o amor do brasileiro pelo futebol.

O primeiro título mundial só aconteceu oito anos mais tarde, em 1958, na Copa do Mundo realizada na Suécia. O Brasil, que na época já contava com o jovem Pelé, com apenas 17 anos, se tornou o primeiro campeão a vencer fora do seu continente. O segundo título, com Garrincha como o grande herói, ocorreu 1962, no Chile. O tricampeonato mundial veio em 1970, com uma grande seleção de jogadores, até hoje considerada uma das melhores da história. Pelé, Zagallo, Carlos Alberto Torres, Gérson, Tostão, Jairzinho e Rivelino trouxeram a taça Jules Rimet do México.

Após um longo jejum, o Brasil só voltou a comemorar uma Copa do Mundo em 1994, nos EUA, tendo como heróis nomes como Romário, Bebeto, Dunga, Branco, Raí e outros. Em 2002, no Japão, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Cafu, Roberto Carlos, Marcos e companhia trouxeram o pentacampeonato para o Brasil após a final contra a Alemanha, tornando a seleção brasileira na maior vencedora de títulos mundiais.