Espelhos Esféricos e Mudança de Estado Físico: Refração e Transformações Isotérmicas e Gasosas


Simbologia

Abcissa do objeto: Determina a posição do objeto no espelho, e sua natureza. Abcissa da imagem: Determina a posição da imagem no espelho, e sua natureza. Abcissa do foco: Determina a posição do foco no espelho. Ordenada do objeto: Indica o tamanho do objeto e sua orientação. Ordenada da imagem: Indica o tamanho da imagem e sua orientação.

Espelhos Esféricos e Mudança de Estado Físico

Convenção de sinais

Para as abcissas: Elemento real. Abcissa positiva. Elemento virtual. Abcissa negativa: Para as ordenadas. Elemento acima do eixo principal. Ordenada positiva. Elemento abaixo do eixo principal. Ordenada negativa.

Equações

Equação dos pontos conjugados

1 = 1    -1 f     p    p’

Equação do aumento linear transversal

A = ^=  – £’=-J_

y         p    f- p

Sinais do aumento linear transversal

A > O       A imagem é direita em relação ao objeto. A < O       A imagem é invertida em relação ao objeto. Estudo da refração Refração é a passagem da luz de um meio A para outro, B, diferente de A. Meio refringente: É todo meio homogêneo e transparente que exerce interferência à passagem da luz. Exemplos: água, vidro, acrílico, álcool. Velocidade da luz No vácuo, todas as radiações eletromagnéticas têm a mesma velocidade: c = 300 000 km/s = 3 • IO8 m/s. Nos demais meios, cores diferentes têm velocidades diferentes. índice de refração absoluto de um meio Observações a) n não tem unidade. E uma grandeza adimensional. índice de refração relativo b)         n > l (exceção ao nvácuo = l e nar)
c)        quanto maior o valor de n, menor é o valor de v e mais refringente é o meio.
d)         n depende da cor da luz.
e)        n depende da temperatura do meio. Em geral, quanto mais aquecido estiver o meio, menor será o valor

Leis da refração: Nomenclatura

a: raio de luz incidente
b: raio de luz refletido
c: raio de luz refratado
í: ângulo de incidência
r: ângulo de refração
N: reta normal à superfície de separação entre os meios, no ponto de incidência.

1) O raio refratado está contido no plano de incidência.
II) Lei de Snell-Descartes: O seno do ângulo de refração é diretamente proporcional ao seno do ângulo de incidência.

Mudanças de estado físico

Curva de aquecimento da água

AB -> Aquecimento da fase sólida (gelo).
BC -> Transição de sólido para líquido (fusão). No instante representado por B, temos apenas gelo a 0°C.

No instante representado por C, apenas água a 0°C. CD -> Aquecimento da fase líquida (água). DE -» Transição de líquido para vapor (vaporização). No instante representado por D, temos apenas água a 100°ONo instante representado por E, apenas vapor a 100°C. EF —» Aquecimento da fase vapor.

Equacionamento da quantidade de calor trocado pela substância

Trocas de calor resultando em variações de temperatura
Troca/ide calor resultando em mudanças de estado físico
calor latente de mudança de estado

Estudo dos gases

As constantes de uma amostra de gás

•       Mol
•       Massa molar
•       Número de móis

Transformações isotérmicas

Variáveis de estado (pressão; volume; temperatura; …) Volume molar.
Transformações gasosas Transformações isotérmicas: p • V = p’ • V

Transformações gasosas

•    Transformação isobárica (p é constante):
•   Transformação isométrica (V: constante):

A pressão do gás é diretamente proporcional a sua temperatura absoluta.