Geografia do Mato Grosso do Sul


Neste artigo você vai aprender tudo a respeito da geografia do Mato Grosso do Sul, importante estado Brasileiro que é responsável por uma parte significativa da economia nacional. Você vai aprender a respeito do relevo, da vegetação, quais os recursos naturais disponíveis, qual o clima da região e também quais os problemas ambientais que afetam o local. Acompanhe a seguir.

Geografia do Mato Grosso do Sul

Geografia física do Mato Grosso do Sul

A geografia do Mato Grosso do Sul, assim como a de qualquer região do planeta, engloba tanto questões físicas e ambientais quanto políticas. Neste artigo, vamos começar explicando a respeito das características físicas do Estado.

O Mato Grosso do Sul é um estado brasileiro que está na região centro-oeste do país, fazendo divisa com dois outros países a Bolívia e o Paraguai.

A região é formada por três unidades geotectônicas diferentes: a Bacia Sedimentar do Paraná, o Cinturão metamórfico Paraguai-Araguaia e a Plataforma Amazônica. Sobre elas, ficam localizados dois conjuntos estruturais, sendo que um é bastante antigo, mais precisamente do período pré-cambriano, e contém dobras e falhas, enquanto o outro, um pouco mais moderno, fica em terrenos chamados fanerozoicos.

O solo do Estado é bastante variado e, segundo estudiosos, pode-se encontrar 25 classes diferentes de solos, com níveis de fertilidade natural distintas e disponíveis em áreas com vegetação, relevo, drenagem e até erosão diferentes.

O relevo, por sua vez, apresenta pontos menos variados. De forma geral, podemos dizer que não há formações montanhosas com grandes altitudes no local, ficando entre 200 e 600 metros. Somente na região da planície do Pantanal é que podem ser encontradas algumas formações rochosas diferenciadas, cuja altitude pode chegar a até 1.200 metros.

Com relação ao clima, a região tem uma predominância do clima tropical, ou ainda tropical de altitude, o que significa que os invernos são mais secos e o verão bastante chuvoso. A temperatura média de praticamente todo estado fica em torno de 20 e 25 graus Celsius.

Apesar disso, em partes do Mato Grosso do Sul, é possível encontrar também o clima subtropical, e geadas são bastante comuns na região do sul do estado, onde calcula-se que ocorram cerca de 3 episódios todo o ano.

Apesar das médias de temperatura serem em torno dos 20 graus Celsius, ela varia bastante de acordo com a época e estação do ano. No verão, podem chegar a alcançar 40 graus Celsius, e no inverno caem até 0 grau.

A menor temperatura registrada em todo o Estado do Mato Grosso do Sul aconteceu em 1975 na cidade de Ponta Porã, onde os termômetros marcaram -6 graus Celsius. Já a máxima foi registrada na cidade de Aquidauana em 1926, com 40,8 graus Celsius.

A vegetação do Mato Grosso do Sul também é bastante rica. No estado, podemos encontrar a Floresta Estacional Semidecidual, a Mata Atlântica e os Pampas. É possível ainda encontrar regiões com presença da Caatinga e de outras vegetações que podem ser encontradas em outros estados do Brasil.

Para finalizar a parte física da geografia do Mato Grosso do Sul, devemos abordar a hidrografia da região. A leste, o estado é banhado pelo sistema Paraná e pelos seguintes rios: Sucuriú, Verde, Pardo e Ivinhema. Já a região Oeste do estado é banhada pelo sistema Paraguai, cujos afluentes são os rios Taquari, Aquidauana e Miranda.
Outra característica importante do sistema fluvial do estado do Mato Grosso do Sul é que, durante os meses de novembro a março, ocorre o período de cheias do Pantanal, e as depressões são inundadas, formando lagos que também podem ser chamados de baías.
Durante a época de cheias, os rios se interligam, e as algas e todo o material vivo que passa a estar presente nestes locais deixam muitos fertilizantes naturais no solo, contribuindo para o desenvolvimento da fauna e da flora locais.

Geografia Política do Mato Grosso do Sul

Além da parte física, fazem parte da geografia do Mato Grosso do Sul outras características políticas, como sua área, quantidade de municípios e distritos, quais são seus arredores e até o horário que é praticado na região.

O estado do Mato Grosso do Sul, segundo dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -, possui atualmente 79 municípios e 165 distritos. Além disso, o Estado ainda possui quatro mesorregiões geográficas e 11 microrregiões.

Os limites do Mato Grosso do Sul são com o estado de Goiás ao nordeste, Mato Grosso ao norte, Minas Gerais ao leste, Paraguai a oeste, Bolívia ao noroeste, São Paulo ao sudeste e Paraná ao sul.

Mato Grosso do Sul ocupa uma área de 357.159 km2, o que corresponde a 4,2% de todo o território nacional. Trata-se de um estado de tamanho considerável, já que é um pouco maior do que a Alemanha.

Com relação ao fuso horário, Mato Grosso do Sul está uma hora atrasado em relação ao horário de Brasília.