A pressão atmosférica


O período de férias é uma das épocas mais esperadas do ano. É tão bom juntar a família, arrumar as malas, colocar tudo dentro do carro e viajar rumo ao litoral ou à serra… O único desconforto é a pressão que dá no ouvido. Algumas pessoas relatam como um zumbido no ouvido, outros dizem que parece que ele se fecha. Mas por que isso ocorre? A resposta está na pressão atmosférica.

a-pressao-atmosferica

Quando estamos na cidade de São Paulo, por exemplo, que está em uma altitude de 760 metros acima do mar, e seguimos rumo ao litoral, que está em altitude zero, temos diferença de pressão atmosférica e é essa diferença que faz com que sintamos essa pressão. O mesmo ocorre quando estamos em Porto Alegre que tem altitude zero e subimos a serra para Gramado que está a 830 metros acima do mar ou vamos de São Paulo para Campos do Jordão, a 1600 metros acima do mar.

E se viajarmos de avião, onde a distância entre diferentes altitudes é percorrida muito rapidamente, essa nossa percepção é ainda maior. Por isso é que os aviões contam com um mecanismo chamado despressurizador, que busca eliminar a pressão existente dentro do avião. Quanto mais próximo do nível do mar, maior será a pressão atmosférica, aliás, o maior valor possível para a pressão atmosférica é na praia.

Pressão atmosférica é a pressão que o ar da atmosfera exerce sobre a superfície do planeta terra. Em outras palavras é a pressão que o ar exerce sobre tudo que se encontra no chão. A pressão atmosférica está diretamente relacionada à força gravitacional. Por este motivo, quanto maior for a altitude do local, menor será a pressão atmosférica. Mas não é apenas a altitude que interfere na pressão atmosférica, mas a temperatura também. Quanto mais baixa a temperatura, mais pesado é o ar e como consequência, maior a pressão.

Fatores que influenciam a pressão atmosférica:

– a rotação da Terra;
– a temperatura;
– a altitude;
– localização (se estão próximos de regiões oceânicas ou afastados);
– precipitação (se há chuva, granizo ou neve);
ventos.

Como medir a pressão atmosférica

Você já sabe que o ar possui peso, então é possível medir a pressão que o ar exerce sobre nós. Em 1643 o físico e matemático italiano Evangelista Torricelli inventou o barômetro de mercúrio, que é um tubo de vidro, fechado em uma extremidade e que contém mercúrio em seu interior. Este tubo é imerso em um recipiente que também tem mercúrio. Quando está no nível do mar, a coluna de mercúrio fica na posição 76 cm. Quanto maior a pressão, mais comprida ficará a coluna de mercúrio. Em altitudes mais baixas, esta pressão diminui. Baseado nestes resultados é possível calcular com exatidão o valor da pressão atmosférica.

Ao medir a pressão atmosférica através do barômetro, se estivermos no nível do mar ela indicará 76 cm, que equivale a 760 mmHg (milímetros de mercúrio). A unidade de medida internacional para pressão é o Pascal. A nível do mar a pressão do ar é de 101,325 KPa. Alguns meteorologistas utilizam ainda a unidade milibar, que representa 100 Pa. Neste caso a pressão do ar no nível do mar é de 1013,25 mb. Em resumo, temos uma pressão normal quando ela for igual a 1013 mb. Abaixo disso temos pressão baixa e acima, pressão alta.

Um exemplo prático

Você sabia que o quando você bebe algum líquido através de um canudo está exercendo a pressão atmosférica? Mas como isso ocorre? Em cima da bebida existe ar que exerce pressão sobre ela, assim como faz sobre todas as coisas, como já vimos. Dentro do canudo também existe ar e que também está exercendo pressão dentro dele. Quando você chupa o canudo, ocorre uma variação de pressão, ou seja, a pressão atmosférica agora é diferente na bebida e na parte interna do canudo, fazendo com que a bebida suba pelo canudo. Ao parar de chupar, a pressão volta a ser a mesma entre ambos, fazendo com que o refresco não suba mais.

Exercício resolvido

Michel Temer tem um evento importante em Salvador na Bahia, uma cidade litorânea. Seus assessores o chamaram às pressas para resolver uma pendência com o Presidente da Bolívia, em La Paz, a 3.660 metros de altitude. Com relação a Salvador, La Paz possui uma menor pressão atmosférica, maior pressão ou são iguais?

Ao revisar o material estudado, você perceberá que a pressão muda de acordo com a altitude, logo, elas não podem ser iguais. A pressão atmosférica é maior nos lugares baixos e menor nos lugares altos. Como Salvador está no mesmo nível do mar, ela possui a maior pressão atmosférica possível. La Paz é um dos lugares mais altos do mundo, portanto, possui uma pressão atmosférica bem menor que Salvador.